7/11/19 12:41
Atualizado em 7/11/19 às 15:28

Projeto Viva Lago Oeste será lançado nesta sexta-feira (8)

Iniciativa irá potencializar o desenvolvimento turístico na região ecológica e rural do Distrito Federal

Objetivo da parceria é divulgar as belezas e os serviços oferecidos pelo Lago Oeste. Foto: Arquivo/Agência Brasília

A união entre 13 empreendimentos, o Sebrae-DF e a Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF), no âmbito do Programa Investe Turismo, irá promover o desenvolvimento turístico do Lago Oeste. Nesta sexta-feira (8), será lançado o projeto Viva Lago Oeste, que tem a proposta de oferecer aos visitantes e turistas produtos e serviços de qualidade e experiências memoráveis.

A região fica em Sobradinho e é considerada uma das áreas ecológicas da capital brasileira, detentora de belas paisagens. No Lago Oeste, é possível, por exemplo, encontrar opções de hospedagem, gastronomia, espaço de eventos, Turismo Rural, Ecoturismo e Turismo de Aventura. Além disso, a região tem produção própria de moda, arte, agrofloresta e de cogumelos e queijos.

“O Viva Lago Oeste é resultado de um trabalho contínuo de empresários que se uniram para criar novas experiências. A vocação da região para o Ecoturismo, Turismo de Aventura e Gastronômico é muito forte. A atuação da Setur e Sebrae-DF no âmbito do Investe Turismo, fortalecerá esse roteiro e ampliará o alcance pela promoção”, afirmou a secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça.

De acordo com Nathália Hallack, analista do Sebrae no DF, o objetivo da iniciativa é desenvolver o turismo na região a partir da oferta organizada de produtos e serviços turísticos. “Os empreendimentos são diversos, mas possuem como princípios comuns questões relacionadas à sustentabilidade e ao desejo de compartilhar esse modo de viver com os visitantes”, afirmou.

O Viva Lago Oeste começou em 2017, quando um grupo de empresários da região procurou o Sebrae-DF para ajudá-los a desenvolver o turismo na região. Juntamente com a Setur-DF, as estratégias para fomentar o turismo rural foram alinhadas e inseriu-se no projeto a Torre de TV Digital e o Caminhos do Planalto Central, que mapeou mais de 400 quilômetros de trilhas em todo o Distrito Federal.

Para José Júnior, proprietário da Trilha do Calango – espaço de eventos localizado no Lago Oeste –, a iniciativa é fundamental para dar uma maior visibilidade à região e fomentar o turismo. “O Lago Oeste é o local mais ecológico de Brasília, está entre o Parque Nacional de Brasília, a APA de Cafuringa e os Caminhos das Cachoeiras. O nosso objetivo é prestar serviços de qualidade, oferecer produtos orgânicos e experiências memoráveis. A região é belíssima e próxima ao Plano Piloto. Temos muito a oferecer”, disse.

Investe Turismo
O Distrito Federal faz parte de uma das 30 rotas turísticas estratégicas que compõem o Programa Investe Turismo, lançado pelo Ministério do Turismo, Sebrae e Embratur. Com o título de Patrimônio Mundial da Humanidade, Brasília será uma das rotas com os municípios de Alto Paraíso e Cavalcante, ambos na Chapada dos Veadeiros (GO). O programa tem como objetivo melhorar a competitividade e acelerar o desenvolvimento turístico em 158 municípios brasileiros por meio da atividade do setor.