23/11/19 14:40
Atualizado em 23/11/19 às 18:22

Governo e pastores unidos pelo bem do DF

Governador em exercício participa de Convenção Internacional da Assembleia de Deus

Sob aplausos e orações, o governador em exercício do Distrito Federal, Paco Britto, foi recebido por religiosos na sede da Igreja Assembleia de Deus na manhã deste sábado (23/11), no Guará, durante a 4ª Convenção Internacional. O evento reúne pastores, missionários e evangélicos de todas as partes do país, além do Japão e Portugal, onde a denominação religiosa possui seus templos.

Apesar da agenda apertada, com outros dois eventos ainda pela manhã, Paco não recusou o convite do presidente do Ministério Internacional Guará da Assembleia de Deus, pastor Adalino Inácio Sobradinho, por significar um evento especial para ele: “Trago na memória a lembrança do saudoso pastor Antônio Inácio, o primeiro missionário fundador da Assembleia de Deus do Distrito Federal. Ele sempre será um orgulho para Brasília”, afirmou. “É uma alegria estar com vocês nesta manhã”, emendou o governador em exercício, durante sua fala no púlpito.

Para não fugir à regra, já que o encontro contou com a autoridade política, o presidente do Ministério Internacional, Adalino Inácio, aproveitou o acontecimento para mandar um recado: que os Três Poderes que compõem a República trabalhem. Para ele, o entendimento entre os líderes do Executivo, Legislativo e Judiciário é fundamental ao País. “Os Poderes têm de trabalhar em harmonia”, orientou. Em seguida, pediu para que o público composto por pastores e outros religiosos orasse para o presidente Jair Bolsonaro.

Após se juntar à mesa com as demais autoridades religiosas, o governador em exercício foi ciceroneado pelo anfitrião a uma sala reservada às autoridades, no mesmo prédio da Assembleia de Deus, no Guará. Lá, eles conversaram assuntos diversos, como o apoio da Igreja ao Governo do Distrito Federal. “O nosso evento é internacional. Para nós é importante o governador estar aqui, para ele conhecer o nosso público. Temos muitas demandas e precisamos estar juntos com o governo. Nós colaboramos com instituições nossas que auxiliam o Estado. Então, precisamos estar próximo ao governo”, explicou Adalino Inácio.

Ao deixar a Assembleia de Deus, Paco Britto participou de um evento da TV Record, na Praça Central do Paranoá. Na ocasião, o governador em exercício falou sobre a morte do apresentador Gugu Liberato.

“Quero me solidarizar com a família Record e com a família do apresentador Gugu Liberato. É uma perda para o Brasil, porque cada artista que morre faz o país mais pobre. Gugu se destacou por entreter o Brasil durante décadas, com competência e seriedade. Sua ausência será sentida por todos nós. Que Deus conforte a família Record e a família do apresentador”, disse Paco Britto.