23/11/19 17:10
Atualizado em 25/11/19 às 10:29

Pistão Sul passou por reparos no fim de semana

Trabalho, executado em caráter de urgência, teve um custo estimado de 30 mil reais

O Governo do Distrito federal, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), realizou neste sábado a operação tapa-buracos em  4 km do Pistão Sul. A via é considerada uma das mais movimentadas do Distrito Federal, pois liga Taguatinga e Águas Claras ao Riacho Fundo.

Foram gastas 10 toneladas de massa asfáltica. O trabalho, executado em caráter de urgência, teve um custo estimado de 30 mil reais. As atividades começaram em frente à empresa Café do Sítio e foram até o hospital  Anna Nery.

Um dos motoristas que estavam de passagem pelo local no momento da reportagem era Thiago Fonseca da Silva, de 39 anos. Morador de Águas Claras,  ele relata que os buracos vinham  incomodando bastante. “Eu uso essa pista semanalmente e eles estavam danificando muito meu carro. Nos caminhos que eu ando, sempre tenho visto muita obra, fico satisfeito em ver que o pessoal está trabalhando em vários cantos do DF”, afirma.

Quem também passava por lá e observava o trabalho era Lucio Monteiro, de 44 anos. “Esses buracos estavam impossíveis. A gente sabe que não é o ideal apenas a operação tapa-buracos, mas já é de grande valia”, comenta.

De acordo com o DER, o projeto de toda a recuperação asfáltica do Pistão Sul, trecho entre o viaduto do metrô e a EPNB, já foi licitado. A empresa vencedora terá um prazo de até 90 dias para conclusão do planejamento. A previsão do DER é  que as obras sejam executadas no primeiro semestre de 2020 com um valor estimado de 10 milhões de reais.

Galeria de Fotos

Pistão Sul recebe operação tapa-buracos neste sábado