4/12/19 11:31
Atualizado em 4/12/19 às 11:31

Lojistas voltam ao lado par da Galeria dos Estados

O espaço ganha projeto paisagístico, lojas de 18 m², pisos de granito e revestimento nas paredes e no teto 

O lado par da Galeria dos Estados foi liberado pelo Governo do Distrito Federal, permitindo que os 38 permissionários voltem a ocupar as lojas no local. A autorização foi publicada nesta quarta-feira (4) no Diário Oficial do DF.  O processo deve ocorrer até o próximo dia 20.

O espaço passou por revitalização, com início em abril. Agora, a área ímpar (Ala 1 Oeste/Setor Bancário Sul) voltará a passar por obras. 

O lugar ficou, na prática, um ano e dez meses fechado por causa do desabamento do viaduto do Eixão Sul (próximo ao Setor Comercial Sul), em fevereiro de 2018. 

Os lojistas que não desejarem ser remanejados devem procurar a Administração Regional do Plano Piloto no momento da notificação. Quem estiver com débitos em relação ao pagamento do preço público não será remanejado. 

O custo estimado de toda a reconstrução e revitalização da Galeria dos Estados, na área central de Brasília, é de R$ 4,9 milhões. 

O espaço ganha, além de um projeto paisagístico, lojas de 18 metros quadrados que estão sendo reconstruídas, pisos de granito, revestimentos nas paredes e tetos. 

Também haverá cabeamento para internet nas lojas, banheiros públicos, circuito interno de segurança, iluminação de LED, impermeabilização do teto, acabamento e esquadrias.

Toda a rede elétrica e hidráulica será renovada e o complexo de todo o viaduto receberá um reforço estrutural. Tantas intervenções fazem com que o espaço esteja praticamente em reconstrução.

* Com informações da Secretaria de Cidades