14/12/19 19:22
Atualizado em 14/12/19 às 19:22

Mais oferta de capacitação para servidores

Em 2019, a Escola de Governo realizou 144 cursos, que capacitaram 13.789 profissionais. O esforço resultou em um aumento de 21% nas certificações em relação a 2018

A Egov aumentou de 245 para 369 o número de eventos, em 2019, um crescimento de 50%. Foto: Lúcio Bernardo Jr./Agência Brasília

A Escola de Governo do Distrito Federal (Egov) ampliou em 2019 sua oferta de capacitação, incluindo novos cursos para servidores. Até outubro foram realizados 144 cursos, totalizando 13.789 profissionais capacitados, o que representa um aumento de 21% nas certificações realizadas pela instituição em relação a 2018, quando foram certificados 11.391 servidores.

Segundo o diretor-executivo da Egov, Alex Costa Almeida, “esse resultado foi possível a partir da introdução de temas inovadores em sua oferta de cursos, a exemplo do Design Thinking –, uma metodologia de apresentar problemas e buscar soluções inteligentes e conjuntas, muito usado em planejamento por causa do trabalho colaborativo –, e aumentou a oferta de cursos inclusivos, como o de Libras. Os temas ligados às áreas comportamentais e de qualidade de vida do servidor também foram objeto de maior atenção desta gestão”, afirmou Alex.

118 órgãos foram atendidos pela Escola de Governo, 20 a mais em comparação com o ano anterior

Ao todo, neste ano, 118 órgãos foram atendidos pela Escola de Governo, 20 a mais em comparação com o ano anterior. Para a vice-diretora-executiva da Egov, Juliana Tolentino, o acompanhamento junto aos órgãos é o diferencial da escola.

“Faço questão de receber pessoalmente os representantes dos órgãos que demandam capacitação à Egov. Isso possibilita que tenhamos um diagnóstico mais completo da real necessidade dos entes, dos servidores e até mesmo da população”, declarou Juliana.

Reflexo na ponta
Este ano a Egov aumentou de 245 para 369 o número de eventos em geral. Isso equivale a um crescimento em torno de 50%. Todas as capacitações refletem na ponta, ou seja, geram melhor funcionamento da administração do GDF e, consequentemente, benefícios diretos no atendimento à população e na prestação de serviços.

Esse resultado em 2019 vai ao encontro dos objetivos da Egov, dentre eles o de municiar o servidor de competências, habilidades e atitudes necessárias ao melhor atendimento à populaçãoAlex Costa, diretor-executivo da Egov

Alguns dos cursos oferecidos que tiveram ótima avaliação foram: Libras Básico I, Sistema Eletrônico de Informações (SEI), Administração Orçamentária, Financeira, Patrimonial e Contábil, com foco no Sistema Integrado de Gestão Governamental (SIGGo), no gerenciamento de crise e na excelência do atendimento ao cidadão.

Ainda segundo o diretor-executivo Alex Costa, “todo esse resultado já verificado no ano de 2019 vai ao encontro dos objetivos da Egov, dentre eles o de municiar o servidor de competências, habilidades e atitudes necessárias ao melhor atendimento à população do Distrito Federal”, afirmou.

Dessa forma, servidores podem esperar novidades nas capacitações. A vice-diretora-executiva Juliana Tolentino afirmou que “as perspectivas para 2020 são muitas”. “E projetos como trilhas de aprendizagem, treinamento contínuo para as administrações regionais e capacitações voltadas à inclusão das pessoas com deficiência serão algumas de nossas próximas realizações”, acrescenta a gestora.

A Egov é uma unidade vinculada à Secretaria de Estado de Economia do Distrito Federal (SEEC/DF). Local de capacitação continuada e de aprendizado para os servidores públicos do Governo do Distrito Federal, a instituição faz de seu espaço próprio, localizado próximo ao Palácio do Buriti, um centro de cursos, palestras e outras atividades, muitas vezes em parceria com outros órgãos do GDF.