29/1/20 7:21
Atualizado em 29/1/20 às 9:22

BRB assina parceria com a Fecomércio do Piauí

Acordo faz parte da estratégia de expansão nacional do banco, com foco nas regiões Centro-Oeste e Nordeste

Em linha com seu projeto de expansão nacional e fortalecimento da instituição como banco de desenvolvimento econômico e social, o Banco de Brasília (BRB) assina, nesta quarta-feira (29), acordo de cooperação com a Federação do Comércio (Fecomércio) do Piauí. A parceria prevê uma maior proximidade do BRB com as empresas dos setores de comércio, serviços e turismo daquele estado. Além de condições especiais na oferta de produtos e serviços financeiros, o BRB vai abrir um escritório de negócios na sede da Fecomércio, em Parnaíba.

Desde setembro de 2019, o BRB tem firmado parcerias com diversos setores econômicos como parte de sua estratégia de expansão nacional, com ênfase nas regiões Centro-Oeste e Nordeste. Acordo semelhante ao que será assinado nesta quarta-feira já foi estabelecido com a Confederação Nacional do Comércio (CNC).

“O ano de 2020 será marcado por nossa expansão através de importantes parcerias, e com o lançamento, nos próximos meses, do nosso banco digital”, informa o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa.  “Nosso posicionamento é todo no sentido de transformar o BRB em um banco de fomento, de desenvolvimento econômico e social, com o objetivo de gerar emprego e renda e, de fato, fazer diferença na vida das pessoas.”

“Nosso posicionamento é todo no sentido de transformar o BRB em um banco de fomento, de desenvolvimento econômico e social, com o objetivo de gerar emprego e renda e, de fato, fazer diferença na vida das pessoas”Paulo Henrique Costa, presidente do BRB

O escritório de negócios em Parnaíba terá como foco inicial a prospecção de novos clientes e parceria com os setores público e privado, além da preparação para futura instalação de uma agência na região.

Atualmente, o BRB está presente no DF e em Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais. Além do Piauí, o banco tem prospectado a abertura de postos de atendimento em Rondônia, Tocantins, Maranhão e Sergipe.

*Com informações do Banco de Brasília