21/2/20 19:52
Atualizado em 21/2/20 às 19:59

Brasília 60: artistas locais são destaque no palco da Funarte

Evento terá a apresentação de 20 artistas e bandas de 12 regiões administrativas do Distrito Federal

Estrutura do palco tem sete metros de altura | Foto: Joel Rodrigues / Agência Brasília

Funcionários de uma empresa terceirizada começaram a montagem, no estacionamento da Fundação Nacional de Artes (Funarte), do palco onde vão se apresentar as atrações que animarão o Carnaval 2020 a partir deste sábado (22). Denominado “Brasília 60”, o evento terá a apresentação de 20 artistas e bandas de 12 regiões administrativas do Distrito Federal: Ceilândia, Cruzeiro, Guará, Núcleo Bandeirante, Plano Piloto, Riacho Fundo I, Samambaia, Santa Maria, Sobradinho, Sol Nascente, Taguatinga e Vicente Pires.

Confira a programação no site da Secretaria de Cultura

A estrutura do palco tem sete metros de altura. O som, de acordo com montadores que trabalham no local nesta sexta-feira (21), será suficiente para embalar a noite de 20 mil foliões. Para dar ainda mais conforto aos brincantes, foram disponibilizados 40 banheiros químicos.

As vendedoras ambulantes Marta de Sousa Santos, 41 anos, e Adrielly de Fátima, 31, também se preparavam para a folia, mas para se capitalizar enquanto outros brincarão. Mesmo com tempo suficiente até o início da festa, as moradoras de Samambaia, que são sócias, aproveitaram para garantir um bom lugar para armar a barraca de bebidas e espetinho de carne.

Identificadas com o crachá da Secretaria das Cidades, elas estão confiantes nas vendas. Contam que investiram R$ 1 mil em mercadoria e esperam lucrar com a venda dela na festa. “Expectativa para boas vendas” é o que espera Adrielly. “A gente está precisando muito de dinheiro”, completa Marta.

Sócias, as ambulantes Martha e Adrielly foram credenciadas pela Secretaria das Cidades e não escondem o otimismo: “Vai encher de gente, se Deus quiser” | Foto: Joel Rodrigues / Agência Brasília

O otimismo vem justamente da pesquisa que Marta fez para a escolha do ponto, que inclui saber com detalhes qual será a programação dos blocos. “Os Raparigueiros e o Galinho vão passar aqui. Vai encher [de gente], se Deus quiser”, aposta.

Precedentes

A história de eventos anteriores corrobora a expectativa de Martha e Adrielly. Em períodos de festas – como Réveillon e Carnaval  – as vendas costumam mesmo aumentar. É o que afirma a vice-presidente do Sindicato dos Vendedores Ambulantes do DF (Sindvamb-DF), Cristiane Carvalho Mendes.

“Acreditamos que as vendas aumentem, sim. Nestes períodos sazonais, costumam se elevar”, diz ela. Ainda segundo Cristiane, a estimativa é de que Brasília tenha 150 mil ambulantes no feriado da folia.

As atrações se apresentarão de sábado até terça-feira (25). Foram escolhidas de acordo com a proposta da festa, que é a de traduzir o que Brasília tem de melhor: ritmos como frevo, samba, axé e forró. Tudo misturado, ingredientes para uma boa folia.

Como não poderia faltar, haverá desfile de escolas de samba da capital federal. Será no domingo (23) e na segunda-feira, quando a programação do Polo Funarte será voltada para o samba.

Unidos da Vila Planalto e Bola Preta de Sobradinho vão garantir a animação no primeiro dia. No dia seguinte será a vez da Império do Guará e da Aruc. Já a Águia Imperial e Ceilândia e Acadêmicos da Asa Norte fecham o carnaval de Brasília em grande estilo na terça-feira.