3/3/20 19:20
Atualizado em 3/3/20 às 19:36

Novo mutirão de limpeza no combate à dengue

Ação cobrirá 11 áreas do DF com foco em lotes suscetíveis à multiplicação do Aedes aegypti

Drones, caminhões, tratores, roçadeiras e cercas são usados no trabalho | Foto: Terracap / Divulgação

A Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) lança a edição 2020 do “Mutirão lote limpo – Terracap no combate à dengue”, com trabalho concentrado até maio. Desta vez as regiões priorizadas são Águas Claras, Ceilândia, Guará, Jardim Botânico, Lago Norte/Taquari, Planaltina, Samambaia, Sobradinho, Vila Planalto e Vila Telebrasília. O principal objetivo da ação é evitar a multiplicação do Aedes aegypti por meio de desmatamento, roçagem e retirada de entulhos de lotes de propriedade da empresa pública.

Dados da Secretaria de Saúde do Distrito Federal mostram que, apenas em janeiro deste ano, foram registrados 1.296 casos prováveis de dengue em moradores do DF. Em comparação ao mesmo período de 2019, houve aumento devido à maior incidência de chuvas, fator que tende a propiciar o desenvolvimento da larva do mosquito.

2 mil lotesforam limpos no mutirão de 2019

Diante dos números preocupantes, o governador Ibaneis Rocha assinou, em 24 de janeiro, decreto que declara situação de emergência por 180 dias na saúde do Distrito Federal. O documento apontou o “risco de epidemia de dengue, potencial epidemia de febre amarela e a possível introdução dos vírus zika e chikungunya” no Distrito Federal.

“A Terracap, como empresa pública, está integrada ao esforço concentrado do GDF para minimizar a incidência dessa grave doença que ameaça a nossa população”, diz o diretor de Regularização Social e Desenvolvimento Econômico, Leonardo Mundim. Ele explica ainda que “a roçagem será feita em diversas regiões administrativas, mas a população também poderá solicitar o serviço para lotes específicos da Terracap, por meio da Ouvidoria”.

Somente em 2019 foram limpos aproximadamente 2 mil lotes no período da campanha. Do começo deste ano até agora, mais de 400 lotes já receberam a assistência. Ainda há a previsão para outros 1,7 mil.

As ferramentas utilizadas para o trabalho são drones, caminhões, tratores, roçadeiras e cercas (arames e estacas), entre outras. Trabalhadores e colaboradores utilizam coletes com a logo da Terracap para facilitar a identificação, e também recebem orientações e repelente de mosquitos para proteção pessoal.

É importante ressaltar que o combate à dengue deve ser um esforço coletivo. Lembre-se: é preciso evitar água parada. Por isso, tampe baldes, caixas d’água e tonéis, deixe garrafas viradas para baixo e mantenha lixeiras sempre tampadas; coloque areia nos pratos de vasos de plantas; mantenha ralos e calhas sempre limpos; use repelente.

Para entrar em contato com a Ouvidoria, ligue 162, acesse www.ouv.df.gov.br ou envie e-mail (ouvidoria@terracap.df.gov.br). É necessário ter em mãos o endereço correto do lote em questão, para que a Terracap possa atender ao pedido de limpeza no local indicado.

 

* Com informações da Terracap