3/3/20 9:58
Atualizado em 4/3/20 às 11:39

Pregão para contratar assessoria ao plano de saúde do GDF será dia 17

Edital do Inas publicado no DODF desta terça (3) determina que a empresa vencedora prestará serviços de estruturação e operação do benefício até 2025

O Plano de Saúde dos Servidores do DF está a cada dia mais próximo. Neste terça (3), o Instituto de Assistência à Saúde do Servidor do Distrito Federal (Inas) publicou no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) a nova data para o pregão eletrônico que selecionará a empresa responsável pelo auxílio na estruturação, operação e apoio à gestão do benefício. O novo edital substitui o publicado em novembro de 2019, suspenso para ajustes e melhoramentos. 

Previsto para 17 de março às 9h, o processo licitatório não envolverá recursos diretos do governo.  “O objetivo é contemplar todos os servidores, entre ativos e inativos, além de cônjuges e filhos”, explica o presidente do Inas, Ricardo Peres. 

“Com esta licitação, a nossa expectativa é oferecer aos usuários eficiência, segurança e qualidade na prestação desse tipo de serviço, dentro das normas do poder público”. Segundo Peres, a proposta do governo é de implantar o regime de autogestão, que será denominado GDFSaúde-DF.

As empresas que desejarem participar da concorrência deverão observar as regras dispostas no pregão eletrônico Nº 073/2019.  A abertura das propostas obedecerá aos prazos legais da licitação. Os documentos de todo o processo licitatório pode ser consultado aqui

Termo de referência
O termo de referência elaborado pelo Inas detalha as especificações técnicas necessárias para auxílio na operação do plano de saúde dos servidores. O modelo adotado é o de “Registro de Preços”, cuja estimativa de pagamento pelos serviços será licitada por  beneficiário, unitariamente.  

A empresa vencedora deverá apresentar o menor preço por vida e cumprir as exigências de capacidade de atendimento do edital, quando será realizada uma prova de conceito na sede do Inas-DF. Serão realizados testes, visando comprovar as funcionalidades e características técnicas descritas no Termo de Referência, sob pena de desclassificação.

Prevenção
O plano de saúde do servidor atuará focado também na prevenção de doenças laborais, o que ajudará na diminuição dos gastos com tratamento dos funcionários públicos. 

Segundo o presidente do Instituto, a implementação de campanhas educativas, mutirões de prevenção e eventos de conscientização sobre os problemas de saúde ajudarão no resgate da qualidade de vida dos quadros do GDF. 

Está previsto também, a criação de Centros de Convivência para os Servidores e o Programa de Assistência aos Servidores (Pais) ainda este ano.

* Com informações do Inas-DF