6/3/20 9:58
Atualizado em 6/3/20 às 10:00

Mulheres já são 40% dos condutores; 10% se envolvem em acidentes

Detran faz campanha em comemoração ao dia delas, tanto para parabenizá-las quanto e alertá-las sobre os cuidados com as dispersões durante a direção do veículo, o uso do celular, o consumo de álcool e o excesso de velocidade

Levantamento do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF), com base em dados de 2019, mostra: o número de condutores habilitados no DF atingiu a marca de 1.769.188. 

Desse total, 701.007 são mulheres, ou 40% dos motoristas do DF. No ano passado, 32.885 pessoas tiraram a primeira habilitação no Distrito Federal –  sendo que 15.587 candidatos eram do sexo feminino, o correspondente a 47% dos habilitados em 2019. 

Para o diretor de Educação de Trânsito do Detran-DF, Marcelo Granja, é importante que o departamento esteja atento à crescente presença feminina no trânsito. “Nós estamos, rotineiramente, realizando ações voltadas a diversos públicos e temos promovido a inserção das mulheres em cursos, palestras e campanhas”, conta ele.

Foto: Detran/Divulgação

Nesta semana, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, o Detran desenvolve ações exclusivas para elas. “Temos dois objetivos: parabenizá-las e alertá-las sobre os cuidados com as dispersões durante a direção do veículo, o uso do celular, o consumo de álcool e o excesso de velocidade”, ressalta o diretor.    

Acidentes de trânsito
Segundo o levantamento da Gerência de Estatísticas do Detran, no ano passado, 396 condutores estiveram envolvidos em acidentes fatais no DF. Desse total, cerca de 10% (41) eram mulheres, sendo predominante a faixa etária de 30 a 39 anos.  Os dados indicam que 41% (17) delas se envolveram em acidentes de trânsito no período da manhã e que 73% (30) conduziam automóveis.

Considerando os dados de vítimas fatais, das 278 pessoas que morreram no trânsito em 2019, 54 eram do sexo feminino, o que corresponde a 19% do total de óbitos. 

A faixa etária predominante foi de 50 a 59 anos, com registro de 13 mortes. Os dados indicam ainda que a maior parte das mulheres vítimas fatais (24) era pedestre.

* Com informações do Detran-DF