17/3/20 16:33
Atualizado em 17/3/20 às 16:48

Brasília Ambiental concede licença para pavimentação de rodovias

Quase 6 mil quilômetros de rodovia serão cobertos a partir da autorização, que impulsionará o escoamento da produção agrícola da região

Cerca de 200 mil pessoas serão beneficiadas com as licenças | Foto: Brasília Ambiental / Divulgação

O Brasília Ambiental acaba de conceder duas licenças ambientais ao Departamento de Estradas e Rodagens (DER/DF), para a melhoria de importantes rodovias do Distrito Federal. Com esse documento, a via VC-371, entre a BR-040 e a DF-290, em Santa Maria, e a rodovia VC-461, entre a DF-285 (Km 19) e o Núcleo Rural Jardim II, no Paranoá, poderão receber pavimentação asfáltica, o que beneficiará diretamente a vida de cerca de 200 mil pessoas.

Compreendendo uma extensão de 4,5 quilômetros, a implantação da via VC-371 afetará tanto a comunidade residente nos condomínios Total Ville e Porto Pilar, como também irá interligar o Distrito Federal (Santa Maria) com o Estado de Goiás (Valparaíso) e demais localidades. Já as obras na via VC-461, que cobrem um trecho de 1,2 quilômetros, beneficiarão a comunidade do Núcleo Rural Jardim II, bem como impulsionará o escoamento da produção agrícola da região.

“A pavimentação dessas rodovias é considerada uma atividade de médio impacto ambiental e, seguindo, as práticas construtivas e ambientais adequadas, o empreendedor poderá reduzir significativamente os impactos e mitigar aqueles que são inevitáveis”, explicou a diretora de Licenciamento Ambiental III do instituto, Janaína Araújo.

Muito aguardada pela comunidade, as Licenças Ambientais Simplificadas (LAS) autorizam o empreendimento, após avaliação em fase única, de questões como localização, viabilidade ambiental, condições de instalação e operação de atividade classificada como de pequeno e médio potencial de impacto ambiental.

 

* Com informações do Brasília Ambiental