15/4/20 19:38
Atualizado em 15/4/20 às 20:41

Mais de 100 toneladas de solidariedade

Ação conjunta envolvendo setores do governo e iniciativa privada mostra que a união faz a força

Foto: Renato Alves / Agência Brasília

A união fez a força na manhã desta quarta-feira (15) em Brasília e provocou movimentação atípica em frente ao Palácio do Buriti. Tudo em nome da solidariedade e bem-estar da população do DF que sofre com a pandemia causada pela Covid-19. Isso porque a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) recebeu doação de mais de 120 toneladas de produtos arrecadados pela Rede Solidária da Educação e pelas polícias Civil e Militar.

As contribuições chegaram em cinco viaturas do Departamento de Operações Especiais (DOE), em uma carreta e em nove caminhões da SEEDF. O material será encaminhado para Sedes, que fará a distribuição entre pessoas de baixa renda que ficaram vulneráveis diante da situação crítica mundial.

“Estamos trabalhando para segurar o máximo possível o crescimento da Covid-19 no DF e fazendo a reabertura dos comércios com muita responsabilidade. Esperamos que a normalidade seja recuperada com rapidez”, destacou o governador, em evento simbólico que contou ainda com a participação da secretária da Sedes, Mayara Noronha, além dos secretários, João Pedro Ferraz (Educação) e Anderson Torres (Segurança Pública).

“Com essas doações conseguiremos zerar a fila de carência dentro da Sedes, que até o dia de ontem (8) estava com um déficit de aproximadamente 12 mil cestas. A partir de amanhã vamos fazer novos cadastros e novos acolhimentos”, agradeceu a primeira-dama, que também assume a secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes).

No encontro, Ibaneis Rocha anunciou que o próximo passo do governo no combate ao coronavírus será a realização de uma testagem em massa da população, operação organizada pela secretaria de Saúde em parceria com a Codeplan. “Essa verificação será feita por região, para que a gente tenha a segurança e o controle da situação”, reforçou o governador.

As mais de cinco mil cestas básicas doadas pela Secretaria de Educação, o que corresponde a 100 toneladas de comida, envolveram a participação de coordenadores de 14 regionais de ensino da rede pública. Para a secretária Mayara Noronha Rocha, iniciativa da pasta surge como influência positiva para as novas gerações. “É importante a junção de todas as secretarias, a pasta de Educação vem com um condão que é passar para os jovens, para as crianças, a importância de ser solidário desde pequeno. É a corrente do bem próximo à comunidade”, elogiou.

Cerca de 400 cestas básicas da Polícia Civil do DF, arrecadas pelas delegacias da cidade, numa campanha que ainda continua em andamento, foram entregues no evento dessa manhã. Ação contou com a parceria de homens da polícia militar. “Fundamental a iniciativa dessa parte social da Polícia Militar e da Polícia Civil, principalmente num momento como esse, que Brasília está precisando muito, com muitas pessoas sem ter como trabalhar, sem ter como produzir”, salientou o Secretaria de Segurança Pública, Anderson Torres.

Kits educativos
Ainda aproveitando os apoios recebidos nessa manhã (9), a secretária Mayara Noronha Rocha participou, no Salão Nobre do Buriti, do recebimento de 1.500 kits de higiene bucal. As 15 caixas com o material foram doadas pela Associação Brasileira de Odontologia (ABO-DF) e pelo Conselho Regional de Odontologia (CRO-DF) ao programa Todos Contra a Covid-19, do Governo do Distrito Federal (GDF). No mesmo evento, foi assinado o termo de recebimento de três mil máscaras descartáveis cedidas pelo Instituto Brasileiro de Educação em Direitos e Fraternidade. O material será doado para instituições sociais do DF por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social.

“Estamos levando esse material para a população carente, que será entregue em domicílio, junto com medicamento de alto custo e uma cartilha e ensinar a prevenção e educação da higiene bucal contra o coronavírus”, detalhou o vice-governador, Paco Britto, coordenador do programa do GDF, “Todos Contra a Covid”. “Estamos vivendo momento de pandemia, o que já agrava todo o quadro de necessidade dos setores mais vulneráveis. Então toda ajuda é muito bem-vinda”, agradeceu mais uma vez a secretária Mayara Noronha.

* Matéria atualizada às 20h41

Galeria de Fotos

Mais de 100 toneladas de solidariedade