16/4/20 15:22
Atualizado em 16/4/20 às 15:22

Vivendas Beija-Flor, em Sobradinho II, é aprovado pelo Conplan

Com 28 votos favoráveis, área chega à etapa final do processo de regularização

O parcelamento Vivendas Beija-Flor, em Sobradinho II, chega à fase final do processo de regularização fundiária. Com 28 votos favoráveis, o projeto foi aprovado pelo Conselho de Planejamento Territorial e Urbano do Distrito Federal (Conplan) nesta quinta-feira (16). A 171ª reunião extraordinária ocorreu por meio de videoconferência.
O Vivendas Beija-Flor tem 3,8 hectares e está em área particular. O projeto aprovado pelo Conselho prevê a regularização de 77 lotes na área — 60 de uso residencial exclusivo e 17 de uso misto. A população máxima estimada é de 422 habitantes.
A relatoria conjunta do projeto coube ao representante da Casa Civil do DF, conselheiro Thiago Pinheiro, e ao representante da Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, conselheiro Vilmar  Ângelo Rodrigues.
A partir de agora, a interessada, a Urbanizadora Paranoazinho, dará continuidade aos projetos complementares, para que o processo siga à publicação do decreto de aprovação pelo governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, e, então, ao registro em cartório.
O Vivendas Beija-Flor é classificado como Área de Regularização de Interesse Específico (Arine) na Estratégia de Regularização do Plano Diretor de Ordenamento Territorial (Pdot).
*Com informações da Seduh