6/5/20 10:01
Atualizado em 6/5/20 às 10:01

Brasília vai sediar centro internacional de medicina especializada 

Projeto terá investimentos de R$ 3 bilhões e contará com a participação do BRB.  Além de hospitais, estão previstas unidades hoteleiras e centros universitário, de pesquisa e de convenções

Brasília vai sediar o Centro Internacional de Medicina Especializada (Cime) da América Latina. O projeto, que reunirá instituições de referência na sua elaboração e investimentos superiores a R$ 3 bilhões, será de extrema relevância e contará com a participação do BRB.

“O envolvimento da instituição em um projeto deste porte reforça nosso compromisso em atuar como protagonista do desenvolvimento econômico, social e humano no Distrito Federal, sobretudo em um momento tão delicado para todo o país”, afirma o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa.

A capital foi escolhida para abrigar o projeto por conta de sua localização geográfica estratégica, o que torna a cidade um HUB para toda a região da América Latina.

A presença do BRB no projeto foi confirmada ontem (5) por meio da assinatura de um memorando de entendimentos com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) do GDF e a Healthcare and Technology. Caberá ao banco estruturar as operações financeiras para a implantação do Cime.

Com a adesão ao projeto, o BRB e a SDE vão apoiar a geração de emprego e renda e, consequentemente, a melhoria das condições de vida da população local, além de colocar Brasília como centro de referência para o tratamento da alta medicina.

Secretário de Desenvolvimento Econômico do DF, Ruy Coutinho, lembrou que o GDF atraiu o investimento para Brasília no final do ano passado. “O complexo médico-hospitalar vai propiciar uma verdadeira revolução na medicina da América Latina. Não serão apenas hospitais, mas também unidades hoteleiras, centro universitário, centro de pesquisa e centro de convenções”, afirmou.

* Com informações do BRB