14/5/20 18:45
Atualizado em 14/5/20 às 19:54

Lacen: pioneiro no Brasil em testagem molecular de Covid-19 por número de habitantes

O laboratório funciona 24h, sete dias por semana desde o início da pandemia do coronavírus

Desde o início da pandemia o Laboratório Central de Saúde Público do Distrito Federal (Lacen-DF) já realizou mais de 12 mil exames moleculares (RT-PCR) para detecção da Covid-19, sendo o oitavo estado do país que mais realizou testes moleculares em número absoluto e o primeiro em testagem molecular por número de habitantes, com 40 testes por dez mil habitantes.

“Quanto mais testes realizamos para detecção molecular, conseguimos identificar os pacientes em fase inicial da doença. Com isso, fazendo a medida de isolamento e internação desse paciente, diminuindo a disseminação da doença e aumentando a chance de cura”, explica o diretor do Lacen-DF, Jorge Chamon.

Atualmente, são realizados cerca de 500 testes por dia. São 245 servidores, sendo que 60 estão trabalhando apenas com Covid-19, entre realização de exames, produção de kits, logística e alimentação de dados.

Desde o início da pandemia, o Lacen-DF passou a trabalhar 24 horas por dia, nos sete dias da semana. Teve a ampliação da produção de kits de coleta, da logística e da autorização de realização de TPD para os profissionais do Lacen-DF. “Fizemos os investimentos necessários em insumos e recursos humanos para alavancar o trabalho do Lacen, que é fundamental, principalmente, nesse momento em que enfrentamos uma pandemia. Precisamos de agilidade nos resultados para poder tratar e salvar vidas”, ressalta o Secretário de Saúde Francisco Araujo. Para ele os resultados que estamos vendo hoje foram consequência do apoio que o governador Ibaneis às ações da secretaria. “Tudo que estamos fazendo são diretrizes estabelecidas pelo governador”, complementa.

O Lacen tem dado o resultado dos exames em no máximo 48h e hoje não há demanda reprimida no laboratório.

* Com informações da Secretaria de Saúde