26/5/20 10:18
Atualizado em 27/5/20 às 12:26

Pacientes recebem alta do hospital de campanha do Mané Garrincha

Recuperados da Covid-19, Teones e Rodrigo agradeceram pela assistência recebida na rede pública

Rodrigo dos Santos: “Tem quem brinca que não vai usar a máscara. Não deixem de usar” | Foto: Geovana Albuquerque / Secretaria de Saúde

A incerteza por enfrentar o novo coronavírus deu lugar à vitória, à felicidade e à comemoração pela vida. Internados no hospital de campanha montado no Estádio Nacional Mané Garrincha, Teones Albino dos Fernandes, 42 anos, e Rodrigo dos Santos Araujo, 37 anos, receberam alta na noite desta segunda-feira (25), em meio à expectativa em rever a família e voltar, enfim, curados para casa (veja nos vídeos abaixo).

Os dois venceram a Covid-19 depois de terem recebido tratamento na rede pública de saúde. Eles foram internados no Hospital Regional da Asa Norte (Hran) e, já no estágio de recuperação final da doença, foram transferidos para o hospital de campanha. Ela chegou ao estádio na última sexta-feira (22) e, ele, no último sábado (23).

Teones, que inicialmente foi internada no Hospital da Região Leste, agradeceu a equipe médica pela assistência recebida e deu um alerta para que a população evite se expor ao vírus. “Não é brincadeira. Eu peço que se cuidem, é muito sério o que eu passei”, alertou.

Agora, fora do hospital, a expectativa dela é de vida normal de agora em diante. “Com fé em Deus eu vou ficar boa, seguindo as recomendações dos médicos”, alivia-se.

Expectativa

Rodrigo foi levado pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) ao Hran e ficou internado no pronto-socorro. Ele foi o segundo paciente a receber alta da internação do hospital de campanha e, agradecido, elogia o atendimento que recebeu.

“Fui cuidado como como se fosse filho da equipe. Agradeço pelo cuidado que tiveram comigo, desde o primeiro atendimento no posto de saúde até me encaminharem para o Hran. Só tenho a agradecer”, afirma.

Unidade de saúde possui todos os equipamentos de proteção individual | Foto: Geovana Albuquerque / Secretaria de Saúde

Agora ex-paciente, Rodrigo deixa um recado à população. “Fiquem em casa. Não brinquem, que a doença é séria. Só sabe como é quem passa por isso. Tem quem brinca que não vai usar a máscara. Não deixem de usar”, recomenda.

A unidade

O hospital de campanha foi equipado com 197 leitos, sendo 173 de enfermaria adulto, mais 20 de suporte avançado e quatro de emergência. Para garantir o funcionamento deles já foram contratados, até o momento, 123 profissionais de várias especialidades. A expectativa é chegar a aproximadamente 300 funcionários, quando todos os leitos estiverem ocupados.

Os primeiros pacientes foram internados na unidade na última sexta-feira (22) e, no sábado, outros foram internados no local, totalizando 20 pessoas. Com as duas altas na noite desta segunda-feira e uma transferência no domingo (24), 17 pacientes seguem internados no hospital de campanha.

O local possui todos os equipamentos de proteção individual (EPIs) necessários para os profissionais que estão na linha de frente dos atendimentos aos pacientes com Covid-19. Luvas, capotes, jalecos, máscaras N-95, óculos de proteção, protetor face Shield, além de insumos e medicamentos, integram o aparato de proteção.

Veja mais nos vídeos:

Rodrigo dos Santos Araujo

Teones Albino dos Fernandes

 

* Com informações da Secretaria de Saúde