4/6/20 15:32
Atualizado em 5/6/20 às 9:23

Jardim Botânico faz vídeos para celebrar Dia Mundial do Meio Ambiente

O projeto pretende mostrar a importância do trabalho de pesquisa e preservação desenvolvido na unidade de conservação

Foto: Divulgação
Além de percorrer os principais espaços do local, contando a história de cada um, os educadores farão trilhas guiadas mostrando a rica flora do Cerrado. Foto: Divulgação

Para comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado nesta sexta-feira (5) em todo o mundo, o Jardim Botânico de Brasília lança uma série especial nas redes sociais. Idealizado e desenvolvido pela equipe de Educação Ambiental, o projeto pretende mostrar, por meio de vídeos, a importância do trabalho de pesquisa e preservação desenvolvido na unidade de conservação e aproximar o público durante o período de isolamento devido à pandemia de Covid-19.

Além de percorrer os principais espaços do Jardim Botânico, contando a história de cada um, os educadores farão trilhas guiadas mostrando detalhes da rica flora do Cerrado, vão ensinar a plantar mudas e a separar melhor o lixo de casa. Tudo isso com o objetivo de sensibilizar as pessoas sobre a necessidade de cuidar da natureza e gerar um maior engajamento da comunidade com temas relacionados ao meio ambiente.

 

Confira o primeiro vídeo da série:

 

A proposta, segundo um dos educadores do JBB, Pedro Henrique Cunha, é promover um atendimento virtual já que as visitas estão suspensas desde o dia 23 de março. Por ano, a unidade recebe mais de 20 mil estudantes da rede pública e privada e outros 240 mil visitantes, principalmente nos finais de semana e nos eventos promovidos pela unidade. “Nossa ideia é proporcionar acesso ao Jardim Botânico, ainda que virtual, neste momento de isolamento. É uma forma de mostrar nossos espaços ao público que muitas vezes só nos visitam no fim de semana e ficam restritos à área de visitação, perto dos restaurantes”, complementou.

Atendimento virtual

O gerente de Educação Ambiental do Jardim Botânico, Lucas Miranda, adiantou que os vídeos terão linguagem acessível para que todas as pessoas possam aprender um pouco sobre o JBB e se aprofundar em outros temas importantes e que são abordados durante as visitas pedagógicas. “Não sabemos quem vai assistir aos conteúdos nas redes sociais, por isso o material foi pensado de forma mais generalista. Crianças e adultos poderão consumir as informações. A ideia é que esse trabalho gere uma sensibilização e que as pessoas tenham vontade de ir atrás dos temas dos vídeos e, posteriormente, visitar o Jardim”, reforçou.

Outra proposta dos novos conteúdos é que eles sirvam como material de apoio a professores que estão se reinventando durante a pandemia. “Os vídeos podem ajudar a estimular a criatividade dos professores na criação e abordagem de temas relacionados à preservação ambiental, por exemplo. Esperamos que esse material seja um convite à inspiração”, complementou.

Diversos estudos apontam que o contato com a natureza é restaurador e promove mudanças profundas na saúde. O neurologista e escritor inglês Oliver Sacks, por exemplo, defendia que os efeitos restauradores e curativos do contato com jardins são mais poderosos do que qualquer medicamento. O desafio desse projeto, segundo o educador do JBB Murilo Pereira, é justamente esse: tentar promover essa imersão, ainda que virtual, pelas belas paisagens do Cerrado.

“Temos muitos desafios para enfrentar após a pandemia. Um deles é o nosso atendimento. O Cerrado é muito subjetivo e requer envolvimento e entrega daqueles que participam das visitas guiadas. É preciso estar conectado para poder interpretar os vestígios, identificar as pegadas dos animais, enxergar as belezas das florações. E os cinco sentidos ajudam muito nessa experiência. Mas o mundo mudou e não é possível manter velhos hábitos. Por isso estamos utilizando novas ferramentas para que a gente possa manter os atendimentos em novo formato”, explicou.

Murillo acredita que os benefícios do contato com a natureza podem, sim, acontecer por meio das redes sociais. “O distanciamento social é uma barreira, pois as pessoas não podem nos visitar, mas ainda assim acredito que seja possível perceber esses benefícios através de dicas, curiosidades e informações científicas sobre as plantas e seus diversos usos. Isso vai acabar despertando nas pessoas a vontade e interesse em saber mais sobre esse universo”, argumentou o educador.

Os vídeos serão publicados em todas as redes sociais do Jardim Botânico de Brasília até o fim do mês, sempre com as #atendimentovirtualjbb e #educaçãoambientaljbb.

*Com informações do Jardim Botânico de Brasília

Galeria de Fotos

Jardim Botânico de Brasília lança série de vídeos para celebrar Dia Mundial do Meio Ambiente