16/6/20 15:19
Atualizado em 16/6/20 às 15:20

Falta pouco para a conclusão da ciclovia do Trevo de Triagem Norte

Quatro dos 9km já foram pavimentados, o restante está em execução e deve ser entregue até início de agosto

A última fase da obra do Trevo de Triagem Norte (TTN), que é a construção dos 9 km de ciclovia, já conta com 45% do cronograma executado. Este último serviço está orçado em R$2 milhões.

Do total da extensão da pista para ciclistas – que começa no final da quadra 216 norte e vai até o Balão do Torto – 4 km já foram pavimentados. Neste trecho, o próximo passo será a execução das sinalizações horizontal e vertical.

No restante dos 5 km, alguns trechos estão na fase de terraplenagem e outros já estão na etapa de imprimação, que é a aplicação de uma camada inicial de material asfáltico para impermeabilizar o terreno que posteriormente será pavimentado. Toda a ciclovia tem previsão de estar concluída na primeira quinzena de agosto deste ano.

Para o superintendente de obras do DER/DF, Cristiano Cavalcante, as ciclovias são cada vez mais importantes em qualquer plano de construção viária. “Com trabalhos como esse nós garantimos não apenas um espaço para quem faz uso da bicicleta como meio de transporte, mas, sobretudo, aumentamos a segurança dos ciclistas que precisam trafegar por aqui. E com o término dessa etapa nós finalizaremos todos os serviços no TTN”, declarou.

O gráfico Tiago Santana, de 28 anos, morador da Fercal, mas que trabalha em Sobradinho II comemora o avanço da obra que, segundo ele, vai facilitar a mobilidade para quem faz uso da bicicleta como meio de transporte. “Há três anos eu comprei minha bike e só saio de casa sem ela para pegar ônibus e ir trabalhar se estiver chovendo forte. Essa ciclovia no TTN me dá a certeza de que eu vou poder pedalar tranquilo por aqui em breve”, garantiu.

“Percebo que o governo está agindo cada vez mais para melhorar a questão da mobilidade urbana e isso é muito bom, principalmente visando chamar a atenção das futuras gerações para o uso desse transporte, que além de não poluir a natureza proporciona a prática de atividade física”, explicou a secretária Laura Bezerra, de 28 anos, moradora de Sobradinho.

Liberação da ponte

Em 11 de maio deste ano o DER/DF liberou o tráfego sobre a última estrutura que estava interditada para as obras do TTN: a Ponte do Bragueto. O elevado passou por uma reforma total por sete meses, período em que o trânsito de veículos ficou bloqueado. Por ali passam aproximadamente 100 mil veículos por dia e a liberação das três faixas de rolamento em cada sentido da via trouxe mais conforto aos motoristas.

É o que declara o motorista por aplicativo Jorge Eduardo Campos, de 27 anos. “Faz muita diferença a ponte estar liberada, porque aqui no horário de pico era complicado. Para mim, que moro em Planaltina, mas que faço minhas viagens principalmente aqui nas asas norte e sul é uma economia enorme de tempo”, comemorou.

 Histórico da obra

Iniciada em 2014 e retomada em 2016, a obra no TTN, orçada em aproximadamente R$128 milhões, está com 99% dos serviços totais já realizados. Já foram executados todos os serviços de construção de 15 obras de artes – sendo três pontes e 12 viadutos.

Juntamente com a Ligação Torto Colorado (LTC) o Trevo de Triagem Norte compõe o Complexo Viário Joaquim Roriz, nome oficializado em 4 de fevereiro de 2020 por meio de decreto assinado pelo Governador e publicado no Diário Oficial do Distrito Federal em 4 de fevereiro deste ano.

*Com informações DER-DF