17/6/20 9:14
Atualizado em 27/6/20 às 21:22

Combate ao trabalho infantil no DF é tema de live na sexta (19)

Bate-papo organizado pela Secretaria de Desenvolvimento Social marca o lançamento da carta de compromisso para um plano de ações integradas

A Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) fará mais uma transmissão ao vivo, diretamente do gabinete da pasta. A partir das 9h30 de sexta-feira (19), a quarta live promovida pela secretaria vai abordar o combate à exploração do trabalho infantil. Entre os focos do debate, estão as medidas de prevenção e as formas de denunciar essa prática.

Está confirmada a participação da gerente do Centro de Referência Especializada em Assistência Social (Creas), a psicóloga Juliana Castro, pós-doutoranda pela Université du Québec à Montreal (Canadá). Ela é idealizadora da carta de compromisso que serve de base para o Plano de Ações Integradas de Enfrentamento ao Trabalho Infantil.

O documento, que reúne vários órgãos públicos e instituições privadas, descreve ações a serem empreendidas para intensificar a luta contra essa prática no DF. “É uma triste realidade que precisa ser combatida, por isso a importância de se ter ações integrando todas as políticas públicas”, destaca a secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha.

Outra convidada é a educadora Regina Nascimento, especialista em assistência social e chefe do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da Estrutural. Na região há 11 anos, ela atua na erradicação do trabalho infantil. Dentro de um contexto em que precisou combater a inserção de crianças na vida laboral do Lixão da Estrutural, Regina embasa sua atuação em princípios da arteterapia e da psicopedagogia.

Campanha e coronavírus

O bte-papo virtual promovido pela Sedes faz parte da campanha 12 de Junho – Dia Mundial contra o Trabalho Infantil. Lançada pelo Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (Fnpeti), a iniciativa, neste ano, alerta para o risco de crescimento do trabalho infantil motivado pelos impactos da pandemia do novo coronavírus.

Com o slogan “Covid-19: Agora, mais do que nunca, protejam crianças e adolescentes do trabalho infantil”, a campanha nacional está alinhada às ações globais propostas pela Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Live: Combate à exploração do trabalho infantil

  • Sexta-feira (19), a partir das 9h30, no canal Sedes-DF do Youtube.

* Com informações da Sedes