17/7/20 10:02
Atualizado em 17/7/20 às 16:25

Escolas do Recanto das Emas recebem um total de 52 lavatórios

Trabalho integra conjunto de ações preparatórias da regional de ensino para o retorno seguro às aulas nas unidades

52 lavatórios como este vão garantir uma volta às aulas mais segura para estudantes da rede pública | Foto: Paulo H. Carvalho / Agência Brasília

Com a definição do calendário de retomada das aulas (veja ao fim da matéria), as escolas da rede pública de ensino começam a se preparar para o retorno seguro de suas atividades, na esteira da diminuição das chances de contágio por Covid-19 no DF. No Recanto das Emas, as 29 escolas sob tutela da Coordenação Regional de Ensino (CRE) vão receber 52 lavatórios novos para a higienização das mãos de estudantes, funcionários e servidores. Além disso, a CRE também está fornecendo outros materiais, como tapetes sanitizantes e álcool em gel, para reforçar a segurança sanitária nas unidades.

“Neste primeiro momento, o desafio é garantir as condições de estrutura. Nossas escolas não tinham uma estrutura adequada”Leandro Freire Lima, coordenador regional de ensino

Até o momento, a CRE Recanto das Emas já investiu cerca de R$ 300 mil na preparação para o retorno seguro às aulas, verba assegurada tanto por meio do Programa de Descentralização Financeira e Orçamentária (PDAF) quanto via emendas parlamentares. E esse valor ainda pode subir até o fim de agosto, para quando está previsto o reinício das atividades.

“Tudo que for para garantir as condições sanitárias adequadas e melhorar a qualidade do ensino no retorno às aulas, a gente vai fazer”, garante o coordenador regional de ensino do Recanto das Emas, Leandro Freire Lima.

Um dos primeiros lavatórios a ficar pronto foi o do CEM 804. Ele está localizado na entrada principal da escola, possui oito pias – uma delas adaptada para cadeirantes – e também receberá uma cobertura. O diretor da escola, Luiz Cunha, resume a importância da estrutura que foi instalada.

“É extremamente importante para o acolhimento seguro neste plano de ação de retorno. Os estudantes vão chegar e já terão as pias prontas, bem como todos os materiais de higienização”, vislumbra Luiz.

Trabalho do GDF não parou mesmo diante das limitações impostas pela quarentena | Foto: Paulo H Carvalho / Agência Brasília

Já no CEM 111, o trabalho de construção do lavatório está na fase final, de acabamento. A estrutura é a mesma do CEM 804. “A colocação desses mecanismos de higiene é de suma importância para recebermos com segurança os estudantes e a comunidade escolar no retorno às aulas, além de estarmos seguindo os protocolos da Secretaria de Educação [SEE]”, avalia o diretor da unidade, Laécio Franco.

Investimento necessário

O período da pandemia e suas consequências geraram uma reflexão e um esforço por parte dos educadores para se adaptarem à nova rotina das aulas, tanto online quanto presenciais. “É um desafio gigantesco. Neste primeiro momento, o desafio é garantir as condições de estrutura. Nossas escolas não tinham uma estrutura adequada. Vai demandar muito recurso, mas tenho visto a SEE disposta a dar este apoio logístico”, relata o coordenador da regional de ensino.

Além do material para reforçar a segurança sanitária nas escolas, outra importante ação está sendo realizada pela CRE Recanto das Emas. Face ao “novo normal” em tempos de pandemia, em que as relações sociais são mediadas enquanto se combate o coronavírus, as salas de aula do CED 104 serão adaptadas para a realização de transmissões ao vivo, em sintonia com os novos hábitos de distanciamento social.

Confira o calendário de retorno às aulas na rede pública de ensino:

31/8: Educação de Jovens e Adultos (EJA)

8/9: Ensino médio

14/9: Ensino fundamental

28/9: Ensino infantil

Galeria de Fotos

Novos lavatórios nas escolas do Recanto das Emas