22/7/20 9:35
Atualizado em 22/7/20 às 10:20

Sai licitação para revitalizar últimas quadras da W3 Sul

Obra no trecho da 502 à 508 prevê sistema viário com estacionamentos, acessibilidade e paisagismo. Investimento previsto é de R$ 12 milhões

Está marcada para o dia 21 de agosto a licitação das obras de revitalização das quadras 502 à 508 sul. O certame é dividido em três lotes de construção e contempla a readequação do sistema viário com estacionamentos, acessibilidade, paisagismo, além de obras complementares de drenagem e sinalização. O investimento previsto é de R$ 12.068.784,11.

Foto: Lúcio Bernardo Jr./Agência Brasília

A licitação das quadras 502 à 508 é a última etapa do projeto de revitalização deste importante centro comercial da cidade. “Nosso cronograma está mantido para que as obras em todas as quadras da W3 sejam iniciadas neste ano”, destaca o secretário de Obras, Luciano Carvalho. “Todo o GDF está empenhado em dar continuidade ao processo”, acrescenta.

Um dos destaques do projeto é a recuperação total das calçadas, que passará a ser única –  e com piso igual em toda sua extensão, sem desníveis e totalmente adequada para o trânsito de pessoas. “Os obstáculos para o trânsito de pedestres ficam posicionados às margens da via W3, deixando o restante do espaço livre”, explica Ricardo Terenzi, subsecretário de acompanhamento e fiscalização de obras.

“Nós estamos muito satisfeitos com a obra. Hoje, vemos os carros estacionando de forma correta, mantendo a via W2 ordenada e fluida. Temos agora calçadas de excelente qualidade, onde as pessoas podem andar com tranquilidade e que, com certeza, são exemplos para outras obras a serem executadas pelo GDF”, avalia o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas do Distrito Federal, José Carlos, ao se referir às quadras 509/510 (já concluídas).

Os recursos para a execução das obras nas quadras 502, 503, 504, 505, 506, 507, 508, 513, 514, 515 e 516 sul sairão dos cofres da Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap). No total serão investidos R$ 18 milhões na recuperação da W3 Sul.

 “O dinheiro arrecadado com a venda de terrenos pela Terracap se transforma em obras e realizações que melhoram a vida em todo o DF, como o investimento em infraestrutura e tecnologia”, afirma o presidente da estatal, Izidio Santos.

Ele comenta, ainda, que mesmo durante a pandemia a construção civil não parou. “A grande aposta com a retomada é justamente o investimento em obras, que emprega mais e mais rápido. É a aposta do governo no combate ao desemprego gerado pela pandemia”, ressalta.

* Com informações da Secretaria de Obras

Galeria de Fotos

Sai licitação para revitalizar as últimas quadras da W3 Sul