23/7/20 9:18
Atualizado em 23/7/20 às 19:11

Construção dos dois viadutos na ESPM começa na 2ª feira

GDF atende, assim, antiga demanda dos motoristas da região. Saiba como o trânsito vai funcionar neste período de interdição 

A tão esperada obra de revitalização da Estrada Setor Policial Militar (ESPM) começa na próxima segunda-feira (27). Em uma primeira etapa, serão executados 850 metros de drenagem, dois quilômetros de pavimentação – além da construção de dois viadutos. O valor da obra, que devem ser concluídas em um ano, é de R$ 7,7 milhões. “Começaremos pela escavação do solo para construção da fundação dos viadutos”, explica Ricardo Terenzi, subsecretário de Acompanhamento e Fiscalização de Obras do GDF.

Com o início das obras, quem trafega pela região deverá ficar atento ao desvio de trânsito em frente ao quartel do Corpo de Bombeiros: parte da via será interditada para os motoristas que trafegam em direção aos eixinhos, ao Eixão e ao Aeroporto JK. No sentido contrário, em direção à W3 e ao cemitério Campo da Esperança, não haverá interdições por enquanto.

“É uma obra grande, complexa e de difícil execução em uma cidade em movimento. Os transtornos serão inevitáveis, mas nos preparamos ao máximo para contorná-los e minimizá-los”, afirma o secretário de Obras, Luciano Carvalho.

“Neste sentido, contamos com o apoio da população para acionar a Secretaria de Obras caso identifiquem qualquer problema ou dificuldade em relação à circulação dos veículos e pedestres durante a obra. Mais do que  pedir paciência, oferecemos portas abertas para diálogo e capacidade para atender prontamente às solicitações”, alerta o secretário.

Foto: Secretaria de Obras/Divulgação

Nesta semana, o GDF dedica o foco nos serviços finais do desvio de trânsito. De acordo com Terenzi, estão em fase final a implantação da capa asfáltica, a colocação dos meios fios e a sinalização dos desvios.

“Tudo criteriosamente fiscalizado para que tenhamos sucesso na segunda-feira. De qualquer forma, caso seja necessário, estamos preparados para intervir e buscar soluções para qualquer problema durante todo o período da obra”, detalha.

Entenda a obra
A Estrada Setor Policial Militar (ESPM) será revitalizada para compor o chamado Corredor Eixo Oeste. A obra, dividida em duas partes por questões de logística e segurança, terá início pelo trecho localizado entre o Quartel do Comando Geral da Polícia Militar até o Terminal da Asa Sul (TAS), onde serão construídos os dois viadutos.

Os novos viadutos irão desafogar o trânsito, minimizando os engarrafamentos e os transtornos enfrentados diariamente pelos motoristasLuciano Carvalho, secretário de Obras

Um dos viadutos, no projeto identificado como Viaduto 62, será construído na alça de acesso da ESPM ao Eixo W, conhecido como “Eixinho de cima”. Ele terá 8 metros de altura, 33 metros de comprimento e 19 metros de largura. Já o viaduto 63, localizado na alça de acesso ao ERL, sentido L4, terá 29 metros de comprimento, 15 metros de largura e altura aproximada de 8 metros. 

“A novidade é que o pavimento para circulação dos ônibus será todo em pavimento rígido (concreto), com maior durabilidade. Além disso, os novos viadutos irão desafogar o trânsito na região, minimizando os engarrafamentos e os transtornos enfrentados diariamente pelos motoristas que trafegam por ali, especialmente nos horários de pico”, explica Carvalho.

Corredor Eixo Oeste
Com 38,7 quilômetros de extensão, o corredor prevê o alargamento de pistas e a construção de faixas exclusivas nas principais vias de ligação do Sol Nascente com o Plano Piloto, como a Hélio Prates, a Epig e a ESPM, que leva ao Terminal da Asa Sul. O objetivo é reduzir em meia hora o tempo de deslocamento até o Plano Piloto.

As obras serão feitas por trechos, uma vez que seria inviável fazer as intervenções de uma vez no trânsito. Além da revitalização da Avenida Hélio Prates, o corredor contempla diversas outras obras, tais como a construção de viadutos e do túnel de Taguatinga.

* Com informações da Secretaria de Obras