24/7/20 19:08
Atualizado em 24/7/20 às 19:22

Unindo esforços em prol da solidariedade

Ação integrada entrega 300 cestas básicas no Sol Nascente/Pôr do Sol impactando cerca de 1.200 pessoas

Fotos: Acácio Pinheiro / Agência Brasília

O Comitê de Emergência Covid-19, por meio do GT-Social, da Secretaria da Mulher e da Administração Regional de Sol Nascente/Pôr do Sol distribuíram trezentas cestas básicas para as famílias em situação de vulnerabilidade. A ação foi coordenada pela Subchefia de Políticas Sociais e Primeira Infância para atender mulheres e chefes de família que estão passando por dificuldades nesse período de pandemia.

A ação contou com o apoio da administração regional e da Defesa Civil que garantiu a entrega de todas as cestas básicas entre quinta-feira (23/7) e hoje (24/7). As famílias também receberam cobertores e rações para animais domésticos. Todos os donativos são provenientes de campanhas realizadas pelo Sindicato de Atacadistas do Distrito Federal, pela ação do Agasalho Solidário 2020, idealizado pela Primeira-Dama do Distrito Federal, Mayara Noronha Rocha, e os alimentos para os animais vieram da FVO Alimentos.

“Sabemos que muitas famílias tiveram a situação financeira agravada em virtude da pandemia. Nossas empresas abraçaram mais esta importante causa e, hoje, conseguimos levar alimentos a inúmeros lares. Nosso desejo é que esta corrente do bem continue, de modo que mais pessoas sejam beneficiadas”, comenta Lysipo Gomide, presidente do Instituto Sindiatacadista.

Para Waldelúcia de Araújo, médica veterinária e gerente de produto do Grupo FVO Alimentos, as doações neste período de pandemia tem se tornado mais frequentes e necessárias devido ao momento de vulnerabilidade que muitas pessoas se encontram e os seus pets também apresentam necessidade como o ser humano para se alimentar”,  disse Waldelúcia.

“A integração é fundamental para ampliarmos o número de pessoas atendidas e mais parceiros entendam a importância do amor ao próximo. “O respeito ao próximo possibilita que ações como esta sejam realizadas”, disse Mayara Rocha.

Segundo Anucha Soares, Chefe da Subchefia de Políticas Sociais e Primeira Infância e Coordenadora do GT-Social do Comitê de Emergência Covid-19, quanto mais parceiros aderirem a essa causa nobre, mais pessoas serão atendidas. “A integração da ação com a secretaria da mulher potencializou o alcance da ação beneficiando as mulheres, chefes de família, que estão em situação de vulnerabilidade”, comentou Anucha Soares.

A Secretaria da Mulher, parceira na ação, trabalha com dois importantes eixos: enfrentamento à violência e a promoção da mulher, principalmente no que se trata de sua autonomia econômica.

Com a pandemia, a mulher foi diretamente impactada com a sobrecarga de trabalho doméstico, além da exposição à violência e vulnerabilidade econômica. Assim, essa ação conjunta com o comitê de emergência Covid-19 foi fundamental para resgatar a dignidade de mulheres e famílias do Sol Nascente/Pôr do Sol.

“É crescente o número de famílias chefiadas por mulheres no Brasil e hoje, com a pandemia, essas mulheres ficaram expostas à vulnerabilidade econômica além de outros riscos”, comentou a Secretária da Mulher, Ericka Felippelli. “Importante olharmos para o próximo sem distinção de gênero, cor, raça e idade”, finalizou Ericka.

Comitê de Emergência Covid-19

Instituído pelo Governo do Distrito Federal por meio do Decreto nº 40.559, de 24 de março de 2020, o Comitê de Emergência Covid-19, tem por objetivo a arrecadação de doações para o enfrentamento dos impactos negativos ocasionados pelo coronavírus.

O Comitê é formado por diversas pastas do GDF bem como representantes da Controladoria-Geral do Distrito Federal, Banco de Brasília, Fecomércio/DF, Fibra/DF, Fape/DF, CDL-DF, ACDF, ASBRACO, Sebrae e CPPGG (Conselho Permanente de Políticas Públicas e Gestão Governamental do Governo do Distrito Federal). Desde Abril de 2020, o comitê já distribuiu 10.490 cestas básicas beneficiando 9.596 famílias totalizando 31.704 pessoas atendidas.

Galeria de Fotos

Unindo esforços em prol da solidariedade