Fale com o Governo Ações em Destaques

3/8/20 às 13:23

São Vicente de Paulo oferece ambulatório de psicogeriatria 

Durante a pandemia, atendimento é feito por telefone, levando-se em conta a gravidade do caso e com prioridade aos mais urgentes 

Agência Brasília * | Edição: Renato Ferraz

Conforme a idade avança, pacientes idosos precisam de mais atenção e cuidados – e problemas de saúde mental podem aparecer ou se intensificar com o passar do tempo e exigir maior assistência médica. No Centro-Oeste, o Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) é a única unidade de saúde pública que oferece atendimento ampliado em psicogeriatria – área de amplo espectro que atua junto à população idosa portadora de sofrimento psíquico grave.

Foto: Agência Saúde/Divulgação

Para não deixar esses pacientes desassistidos durante a pandemia, a equipe de profissionais vem se reinventando para dar o atendimento tão necessário nessa fase da vida. Devido ao perfil dos pacientes assistidos, os servidores do programa de psicogeriatria precisaram suspender os atendimentos presenciais. A maneira encontrada, inicialmente, foi manter os atendimentos por meio de diversos recursos eletrônicos com os pacientes que já eram atendidos.

A psiquiatra Jussane Cabral Mendonça explica que foi criado um formulário de triagem telefônica, a partir do qual se consegue verificar a gravidade do caso, dando prioridade de atendimento aos mais urgentes. 

Um dos novos pacientes acolhidos durante a epidemia é um idoso de 81 anos que possui deficiência visual e limitação motora (usa cadeira de rodas). Segundo relato da família, havia muito tempo que o paciente não tinha suporte em psicogeriatria e vinha apresentando dificuldade com o sono e períodos de agitação.

“Ele colaborou com a consulta e teve o suporte da sobrinha e da irmã para oferecer as informações necessárias ao atendimento”, relata Jussane – que também é a criadora e coordenadora do Ambulatório de Psicogeriatria do HSVP. 

“Ficamos emocionados com a possibilidade de alcance de uma pessoa tão vulnerável, e de poder chegar a quem precisa de assistência. Acreditamos no SUS que chega para todos que precisam”, enfatiza a psiquiatra.

Atendimento
O atendimento funciona com uma equipe multidisciplinar e conta com psicogeriatria, fisioterapia, terapia ocupacional, enfermagem e nutrição.

Para implantar esse novo recurso de assistência a equipe teve apoio da direção do hospital, do setor de tecnologia da informação e da disponibilidade dos profissionais envolvidos. 

Os novos meios utilizados são a triagem telefônica de pacientes em lista de espera, monitoramento telefônico de retornos, primeira consulta e retornos por telemedicina (sala virtual) e consultas presenciais.


Residência

Em 2020 teve início o programa de residência em psicogeriatria no HSVP, que recebe residentes de psiquiatria, de psicogeriatria e residência multiprofissional em saúde mental do adulto. O programa é ligado à Comissão de Residência Médica e à Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde.


* Com informações da Secretaria de Saúde/DF

Últimas Notícias