29/8/20 16:45
Atualizado em 29/8/20 às 16:48

MPDFT vistoria Hospital de Campanha da PM e atesta pleno funcionamento

Unidade foi fiscalizada pela força-tarefa do órgão nesta sexta-feira (28)

Hospital de Campanha da PM foi visitado também pelo secretário de Saúde (à direita) | Foto: Agência Saúde

O Hospital de Campanha do Centro Médico da Polícia Militar recebeu, nesta sexta-feira (28), a visita da força-tarefa do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) para fiscalização de serviços de saúde na pandemia de Covid-19. O propósito da inspeção foi fiscalizar as instalações da unidade, em especial a situação dos medicamentos e dos profissionais que atuam no local, destinado ao tratamento de pacientes acometidos pelo coronavírus.

O secretário interino de Saúde, Osnei Okumoto, foi ao hospital e teve a oportunidade de conversar com a equipe do Ministério Público pouco depois que eles terminaram a inspeção. “Na ocasião, eles teceram elogios pelo trabalho efetuado aqui. São 520 funcionários no hospital, fora os médicos. Pude observar que são profissionais muito bem treinados e muito bem capacitados para poder fazer esse atendimento”, afirmou.

De acordo com o secretário, o Ministério Público encontrou o hospital de campanha organizado, com o quadro de recursos humanos apropriado, além do estoque de medicamentos suficiente. “Eles ficaram impressionados com toda a estrutura que foi colocada aqui. Esses elogios são muito importantes para nós”, destacou.

Hospital conta com 80 leitos de UTI em funcionamento e profissionais treinados | Foto: Agência Saúde

Também presente ao hospital de campanha, o secretário adjunto de Saúde, Olavo Muller, destacou a excelência do atendimento na unidade e a qualidade dos profissionais que lá atuam.

“É uma equipe muito bem treinada, em um hospital excepcional do ponto de vista arquitetônico – inclusive na distribuição das equipes aqui dentro. Só podemos dar os parabéns a toda a equipe do hospital de campanha”, elogiou.

“A instituição agradece e se coloca à disposição para o que precisarem. Ficamos lisonjeados pela presença de vocês”, agradeceu o diretor-geral da Associação Saúde em Movimento, Cláudio Vitti, responsável por gerir o hospital.

Hospital de campanha dispõe de capela | Foto: Agência Saúde

Ocupação

Dos 80 leitos de UTI com ventilação mecânica disponíveis na unidade para pacientes com a Covid-19, 48 estão ocupados até o momento. Além disso, dos 20 leitos de enfermaria abertos, 17 estão em uso.

“Não há falta de medicamentos. Não há falta de leitos. Tudo está sendo encaminhado da melhor maneira possível para um hospital que está apenas há um mês em funcionamento”Osnei Okumoto, secretário interino de Saúde

Na visita ao hospital de campanha, o secretário interino de Saúde fez questão de conferir pessoalmente a situação dos leitos. Também conheceu mais sobre o fluxo de atendimento e averiguou o abastecimento de medicamentos.

“Estamos diariamente em contato com a equipe, vendo todas as fragilidades que possam acontecer – e todas elas são sanadas rapidamente. A Secretaria de Saúde estará sempre presente para que possamos, cada vez mais, oferecer segurança e eficiência no tratamento dos pacientes com Covid-19 no Distrito Federal”, concluiu o secretário.

 

* Com informações da Secretaria de Saúde