24/9/20 19:26
Atualizado em 24/9/20 às 19:37

Casa da Cultura do Guará vai ganhar 15 computadores

Secretaria de Juventude entregará equipamentos, doados pelo BRB, para reforçar a inclusão digital e ampliar o uso do espaço pela comunidade

Quando os equipamentos chegarem, espaço da Casa da Cultura, que é amplo, terá ainda mais atividades a oferecer ao público | Fotos: Acácio Pinheiro/Agência Brasília

A Casa da Cultura do Guará vai ganhar 15 computadores com acesso à internet. Os equipamentos serão doados pela Secretaria de Juventude (Sejuv) para ampliar as possibilidades de uso do espaço pelos mais de 35 mil jovens de 15 a 29 anos que vivem na comunidade. Sob gestão da administração regional, uma sala será cedida para promover inclusão digital, sem interferir nas ações que já são empreendidas ali.

35 milNúmero de jovens da comunidade que serão beneficiados com a parceria

De acordo com o secretário de Juventude, Kedson Rocha, a parceria com a RA levará à Casa da Cultura do Guará um “espaço da juventude”, conceito de parceria que é estudado para ser estendido a outras regiões administrativas, com objetivo de ampliar o atendimento a esse público. A meta é que funcione como um braço do que já é feito nos três centros da juventude do DF – em Ceilândia, Samambaia e Estrutural.

“Vamos entrar com as máquinas para trazer aos jovens um espaço onde possam não só estudar, mas se preparar para o mercado de trabalho e para a vida, somando aos outros projetos tocados no local”, explica o gestor. Os computadores foram doados pelo Banco de Brasília (BRB) à Sejuv, e estavam parados na pasta. Com o processo, voltarão a ter utilidade.

Local estratégico

Administradora regional do Guará, Luciane Quintana conta que a sala cedida para receber os computadores é um espaço que já vinha sendo utilizado para estudos. “Vamos reforçar o atendimento para a comunidade, com benefício da inclusão digital dos nossos jovens na Casa da Cultura, que fica em ponto estratégico e de fácil acesso na cidade”, afirma.

“Os benefícios são enormes. Com ampliação do acesso à comunicação e conhecimento, com estrutura melhor, favorecemos inclusive o caminho para combate ao desemprego”, destaca Luciane. Com os trâmites em andamento para a entrega, a expectativa é que logo o local seja aberto para utilização, já que o GDF liberou a utilização de espaços como esse, com o devido cumprimento às medidas sanitárias de prevenção à Covid-19.

Diálogo com comunidade

O objetivo da parceria é aumentar as possibilidades de uso do espaço da Casa da Cultura, inaugurada há sete anos. “Não vamos extinguir os projetos culturais, que são de suma importância”, ressalta a administradora regional.

De acordo com ela, existe uma proposta para que futuramente seja feita uma transferência de gestão do espaço para a Sejuv. “Isso ainda é distante, e antes de qualquer definição, a possibilidade será discutida com a população e com o Conselho Regional de Cultura do Guará”, esclarece.

Moradora do Guará desde o nascimento, a estudante Marcela Brito, 21 anos, vê com bons olhos a possibilidade de levar mais serviços para a Casa de Cultura. “Todo investimento para dar acessos à população é importante”, comemora. “Dar oportunidade para que jovens tenham espaço para estudar, crescer, se formar, é muito bom. Tem gente que não pode ter internet em casa, então é uma forma de democratizar o acesso”.

Galeria de Fotos

Casa da Cultura do Guará vai ganhar 15 computadores