17/10/20 19:30
Atualizado em 17/10/20 às 21:27

Avança alargamento de trecho da DF-001

Nova etapa da obra vai gerar 70 empregos. Serviços incluem microrrevestimento asfáltico em uma extensão de 8,3 km

Trabalhos são executados em diferentes etapas e vão levar mais segurança ao local | Foto: Divulgação/DER

 

Desde quinta-feira (15), o Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER) trabalha em uma nova fase da obra de alargamento da Estrada Parque Contorno (EPCT/DF-001), em um trecho de 8,3 km entre o entroncamento da DF-095 (Estrutural) e a BR-080. Esta nova etapa, que tem a expectativa de gerar 70 empregos, entre diretos e indiretos, compreende o serviço de microrrevestimento asfáltico ao longo do percurso.

O consórcio também trabalha na implantação de 4,2 km de ciclovia compartilhada (com calçada para passagem de pedestres), além da instalação das barreiras tipo New Jersey (divisórias de pista) em um trecho de 7,8 km – obra viabilizada com o fim do processo licitatório, no valor de R$ 4,4 milhões, que resultou na contratação do Consórcio DF-001.

30 milNúmero estimado de veículos que trafegam diariamente pela região

“Graças ao estudo técnico realizado pela nossa equipe, podemos observar a importância e a necessidade de realizar essa obra, que vai proporcionar mais segurança viária e conforto aos aproximadamente 30 mil motoristas que trafegam por aqui todos os dias”, avalia o diretor-geral do DER, Fauzi Nacfur Júnior.

Ao longo desse percurso, serão construídas três passagens de fauna, estando também previstas obras complementares para instalar as sinalizações horizontal, vertical e ambiental. Essas passagens consistem em túneis pelos quais os animais podem passar sem risco de ser atropelados, além de telas protetoras que os isolam dos trechos mais movimentados da estrada. Elas serão construídas no trecho da região que faz parte da Floresta Nacional de Brasília (Flona).

Benefícios para todos

“Com o início desses serviços, a população que passa por esse trecho diariamente vai sentir uma melhora muito grande na questão da segurança viária – inclusive, não haverá mais o risco de se deparar com algum animal cruzando a pista, justamente por causa das três passagens de fauna que serão construídas”, explica o superintendente de obras o DER, Cristiano Cavalcante.

Moradora de Brazlândia, a vendedora Márcia Fernandes, de 41 anos, comemora o avanço das obras. “Faço esse percurso de Brazlândia para Taguatinga há quase 20 anos e fico satisfeita de ver o trabalho que está sendo feito e que, que, com toda certeza, trará uma sensação maior de segurança”, afirma.

A obra de melhoria geométrica teve início no segundo semestre de 2019. Os serviços estão 40% concluídos e já somam 2,8 quilômetros da faixa adicional pavimentada. O restante do trecho programado para as melhorias se encontra em diferentes fases de execução, o que inclui terraplenagem e implantação de base ou imprimação para a futura aplicação de capa asfáltica.

* Com informações do DER