19/10/20 12:11
Atualizado em 19/10/20 às 15:24

Mais segurança para as ruas do SIA

Investimentos do GDF em câmeras de videomonitoramento fazem comerciantes e frequentadores da região se sentirem mais seguros

Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília
A definição dos locais em que os equipamentos foram instalados seguiu levantamentos realizados pela SSP com base nas “manchas criminais”, estudos que mensuram e detectam padrões de incidência de crimes por dias, horários e localização. Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

Do alto e de maneira silenciosa, elas vigiam em 360º todos os cantos, 24 horas por dia e sete dias por semana. Espalhadas pelas ruas do Setor de Indústrias e Abastecimento (SIA), as novas câmeras de videomonitoramento auxiliam o trabalho de segurança pública e ordenamento urbano da região, atendendo a uma antiga demanda dos empresários, funcionários e frequentadores da região, uma das mais movimentadas do DF.

O investimento na instalação dos equipamentos foi de R$ 365 mil, oriundos de emenda parlamentar do deputado distrital Rodrigo Delmasso. A Secretaria de Segurança Pública (SSP) foi a responsável pela instalação das câmeras, que são de alta resolução e transmitem as imagens em tempo real para o Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob), que reúne órgãos, instituições e agências do GDF.

A definição dos locais em que os equipamentos foram instalados seguiu levantamentos realizados pela SSP com base nas “manchas criminais”, estudos que mensuram e detectam padrões de incidência de crimes por dias, horários e localização. Além de serem fundamentais para a segurança, as câmeras também acompanham e controlam o fluxo de veículos e pessoas da região.

914É o número de câmeras de videomonitoramento instaladas no DF

A administradora regional do SIA, Luana Machado, ressalta a importância do reforço das câmeras na segurança da região por conta do intenso fluxo de pessoas que trabalham ou visitam a RA. “Qualquer benfeitoria que se faz aqui, vamos atender o DF como um todo, sejam comerciantes, empresários, funcionários ou clientes. Nosso trabalho na Administração Regional é propiciar um lugar de segurança, por isso fomos atrás da instalação das câmeras de videomonitoramento e, também, da melhoria na iluminação pública”, ressalta.

Para o secretário de Segurança Pública, Anderson Torres, o uso de tecnologia no trabalho da pasta tem sido cada vez mais necessário. “Precisamos dar um retorno cada vez mais rápido e eficiente para a sociedade e o uso das câmeras de videomonitoramento amplia a capacidade de atuação das policiais Civil e Militar, bem como dos atendimentos do Corpo de Bombeiros e do Detran. Queremos oferecer o melhor serviço à população, e nossa meta é que o DF seja a primeira unidade da federação a ter todo o território monitorado”, destaca.

Com os equipamentos do SIA, o número de câmeras de videomonitoramento fixas e móveis instaladas por todo o DF aumentou para 914, o que representa um crescimento de 51% desde janeiro de 2019, quando o número era de 584. A SSP esclarece que não detalha, por questões de estratégia de planejamento de segurança, a localização das câmeras bem como a distribuição por região administrativa.

Empresários comemoram

O reforço das câmeras de videomonitoramento pelas ruas do SIA foi motivo de celebração por parte dos comerciantes da região, principalmente da Feira dos Importados, local visitado pelo governador Ibaneis Rocha no início do mês. “A sensação é de mais segurança, passa mais tranquilidade para os empresários e para os clientes que visitam o SIA. estavam ocorrendo muitos furtos ao redor da Feira. Agradeço ao GDF por essa conquista”, afirma o presidente da Cooperativa da Feira dos Importados, Bebeto Soares.

Outro local muito beneficiado com o novo método de vigilância e controle urbano são as Centrais de Abastecimento do DF (Ceasa), também localizadas no SIA. O presidente da Ceasa, Onélio Torres, destaca a seriedade da instalação das câmeras pela SSP, que não divulgou os locais onde foram posicionadas, e que elas foram bem recebidas pelos frequentadores. “O povo quer segurança, saber que estão sendo monitorados, e a Ceasa sente uma satisfação muito grande por esse monitoramento”, ressalta.

Mais um aliado

Além dos equipamentos de vigilância, a segurança pública no SIA também vai ganhar um importante complemento: a eficientização da iluminação pública, procedimento no qual as lâmpadas de vapor metálico dos postes, de luz amarelada e passíveis de constantes problemas, são substituídas por outras feitas por LED, mais econômicas e mais potentes. Ao todo, a Administração Regional está investindo R$ 1,65 milhão na troca de toda a iluminação do SIA.

* Com informações da Secretaria de Segurança Pública

Galeria de Fotos

Mais segurança para as ruas do SIA