29/10/20 14:00
Atualizado em 29/10/20 às 14:29

Vem aí mais um Centro de Juventude

Guará será a próxima cidade a ganhar uma unidade, anuncia titular da Sejuv. As três existentes funcionam em Ceilândia, Estrutural e Samambaia

Centro da Juventude da Estrutural é um dos três do DF. Guará vai ganhar uma unidade|  Foto: Renato Araújo/Agência Brasília

Os programas em execução e os projetos futuros da Secretaria de Juventude (Sejuv) foram o tema de uma live, na noite de quarta-feira (28), com o titular da pasta, Kedson Rocha. “Acredito que o jovem, quando você trabalha a sua dignidade, consegue transformar o mundo”, disse o secretário, logo na abertura da conversa.

O trabalho desenvolvido pela Sejuv nas unidades do Centro de Juventude – localizadas em Ceilândia, Estrutural e Samambaia – foi destaque no bate-papo virtual ao vivo. Uma próxima unidade, anunciou o secretário, será construída no Guará, projeto viabilizado por meio de uma emenda do deputado Rodrigo Delmasso, vice-presidente da Câmara Legislativa.

“O deputado acreditou no nosso trabalho e se dispôs a nos ajudar nesse projeto e em outros que estão por vir, e assim podermos oferecer dignidade à juventude do Distrito Federal”, destacou Kedson Rocha. “A Secretaria de Juventude possui vários parceiros que são fundamentais.”

Centros de Juventude

Instituídos pela Lei nº 5.142, da Política Distrital de Atenção ao Jovem, os centros de Juventude são espaços de convivência criados para o acolhimento e desenvolvimento integral. Elaboram ações nas mais variadas áreas, como educação, cultura, saúde, cidadania e inclusão social, com foco na implantação de alternativas de desenvolvimento nas comunidades e na garantia de participação da juventude.

Atualmente, cerca de 55 mil jovens de 15 a 29 anos são atendidos de forma direta e indireta nas três unidades do Centro de Juventude. “Assim como o governador Ibaneis Rocha, que é apaixonado pela juventude, estamos aqui para fazer um trabalho com apoio e participação da população do Distrito Federal”, destacou o titular da Sejuv, ao fim da live.

* Com informações da Sejuv