18/1/21 19:55
Atualizado em 18/1/21 às 20:48

Aprovado projeto de paisagismo da quadra 500 do Sudoeste

Proposta prevê áreas verdes, parques infantis, ciclovias e outros equipamentos públicos

Árvores nativas do cerrado combinadas com mais espaços de lazer, como academia ao ar livre para idosos, parques infantis, ciclovias e uma praça principal. Tudo isso está previsto no projeto de paisagismo da futura quadra 500 do Sudoeste, que foi aprovado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) nesta segunda-feira (18) e publicado no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF).

O projeto tem como objetivo qualificar áreas verdes públicas de modo multifuncional, garantindo serviços ambientais eficientes, bem-estar e o lazer da comunidade. Ao mesmo tempo, prevê calçadas, faixas de travessia de pedestres com pisos táteis, equipamentos de ginástica para pessoas com deficiência (PCD) e de alongamento para uso geral.

Além disso, a proposta é que a vegetação da superquadra funcione como parte do corredor ecológico junto ao Parque das Sucupiras. O plantio contempla 100% das espécies nativas do Brasil, com forte ênfase nas espécies encontradas em Brasília que, ao mesmo tempo, possuam fruto comestível para os usuários das praças e que, também, atraiam a fauna da região.

Conforme é estipulado no projeto, as espécies escolhidas estarão dentro de um sistema de plantio mais adensado, de forma a proporcionar um crescimento mais rápido, formação de um corredor de sombra e qualidade de vida para o deslocamento dos pedestres. Sem contar a maior resistência a ventos fortes. Foram privilegiadas espécies de médio e grande porte para proporcionar sombra efetiva, além de espécies de grande apelo estético.

Já para as áreas exclusivamente destinadas ao lazer serão reservados 2.265,44 metros quadrados. Nesse espaço haverá os parques infantis, quadras esportivas, equipamentos de ginástica e locais de lazer para cães. A ideia é a praça principal ser o catalizador da convivência comunitária, abrigando alguns dos equipamentos citados, além de bancos e espaços de contemplação.

“O projeto de paisagismo é de fundamental importância para os centros urbanos, pois é nele que são planejados os espaços públicos, proporcionando um melhor aproveitamento pela população, com o intuito de gerar bem estar, conforto e lazer à comunidade, bem como as necessárias áreas verdes idealizadas na concepção da quadra”, ressalta o subsecretário de Parcelamentos e Regularização da Seduh, Marcelo Vaz.

No caso do paisagismo da Quadra 500 do Sudoeste, os recursos serão provenientes da iniciativa privada. O projeto foi elaborado pela empresa Davila Arquitetura e Engenharia S.A e ainda precisa passar por outras etapas até sair do papel. A próxima fase será a licença para executar as obras, que poderá ser emitida pela Central de Aprovação de Projetos (CAP) da Seduh.

* Com informações da Seduh