20/2/21 12:15
Atualizado em 28/2/21 às 11:31

Atualização diária das medidas de combate à Covid-19 pelo GDF

GDF se reúne para definir novas medidas de combate à Covid-19; Novo decreto traz liberação de mais atividades; Decreto define regras para teletrabalho

* Conteúdo atualizado às 10h22 de domingo (28)

 

Governador e secretariado se reúnem no sábado (27) e discutem novas ações contra a Covid-19

O governador Ibaneis Rocha reuniu todo o secretariado, presidentes de empresas públicas e dirigentes de órgãos para a tomada de decisões no enfrentamento ao atual momento da pandemia de Coronavírus (Covid-19). O encontro deste sábado (27) ocorreu no Palácio do Buriti e serviu para o alinhamento de decisões e reforçar uma característica dessa gestão: a integração.

“Não podemos deixar o governo parar, assim como não deixamos o DF parar em momento nenhum. Vamos ter que nos organizar muito, cada um dentro da sua secretaria, porque agora vai ser muito mais desafiador do que no ano passado. A força que vamos ter que empreender este ano é muito superior à que empreendemos no ano passado”, aposta o chefe do Executivo.

 

Novo decreto libera mais atividades

Um novo decreto sobre o fechamento das atividades em estabelecimentos comerciais como forma de combate ao coronavírus (Covid-19) foi publicado no Diário Oficial do DF (DODF) neste sábado (27). O texto foi definido pelo governador Ibaneis Rocha após reunião com todos os secretários, presidentes de empresas públicas e demais gestores de órgãos do Distrito Federal. O Decreto 41.849 suspende, até 15 de março, várias atividades. E libera o funcionamento de parques, do zoológico e de papelarias, por exemplo.

Governo reativa o teletrabalho para serviços não-essenciais

Foi republicado, nesse sábado (27), o Decreto nº 41.841, que dispõe sobre o teletrabalho, em caráter excepcional e provisório, para os órgãos da administração pública do Distrito Federal. A medida é necessária para a manutenção do funcionamento dos serviços diante da pandemia do coronavírus (Covid-19) e tem validade a partir de 1º de março.

A norma define, entre outros pontos, que reuniões dos conselhos de administração e fiscais dos órgãos deverão ser realizadas, preferencialmente, de forma virtual ou por videoconferência. O texto também determina a suspensão de viagens nacionais e internacionais a serviço, salvo as consideradas estritamente necessárias. Os servidores, empregados, estagiários e colaboradores da administração pública, mesmo que de teletrabalho, deverão ficar de sobreaviso.

Para saber mais sobre outras medidas do GDF para combater a Covid-19, basta clicar no banner abaixo.