26/2/21 18:02
Atualizado em 26/2/21 às 18:17

De olho na mobilidade, equipes recuperam estradas rurais

Em Planaltina, 10 km de vias já passaram por manutenção; outros 8 km, em Sobradinho, estão sendo executados

O Governo do Distrito Federal está atento às necessidades das comunidades rurais, que nesse período de chuvas, tem certa dificuldade para se locomover. Para melhorar a situação, equipes do GDF Presente, em parceria com outros órgãos, estão focadas em recuperar boa parte da malha distrital de estradas de terra.

O Polo Norte do programa, por exemplo, tem muito “chão” para percorrer. É o responsável por Planaltina, que possui a maior área rural do DF, além de Sobradinho e Fercal. Os serviços de recuperação das vias de terra estão a todo vapor. No Núcleo Rural Sítio Agrovale, 10 quilômetros de estradas de chão já foram refeitos. Elas dão acesso à Escola Classe (EC) Santos Dumont. A manutenção chegou também às pistas da Rota do Cavalo, caminho da EC Sítio das Araucárias, que atende a 160 alunos.

GDF une esforços para melhorar as condições das estradas rurais | Fotos: Divulgação/GDF Presente

Agora, os trabalhadores estão dedicados à rodovia DF-330, que leva até a EC Córrego do Meio. Com capacidade para 90 crianças, o colégio fica em um setor de chácaras próximo a Sobradinho. No local, o GDF Presente está recuperando 8 km de estradas não-pavimentadas, castigadas pelo grande volume de águas das chuvas de fevereiro.

“São estradas por onde circulam ônibus e vans escolares que deixam os estudantes na porta do colégio. Além, do uso por toda a população da zona rural, inclusive no transporte de mercadoria. É um trabalho fundamental”, aprova o administrador regional de Sobradinho, Eufrásio da Silva.

Quinze homens realizam o serviço, que envolve o polo, a Administração Regional e o apoio da Novacap e do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF). Além de manter as estradas em dia, a ação também envolve a limpeza dos canais de escoamento de água e o nivelamento das pistas.

“As bordas das estradas desmoronam e a água da chuva vai tomando conta das estradas de terra. São reparos que nós do programa e o DER se revezam para executar”, explica o coordenador do Polo Norte, Ronaldo Alves.

Parquinho e estacionamento

Em Taguatinga, as equipes do Polo Oeste 2 seguem executando serviços de tapa-buracos, limpeza de bueiros e reformas pontuais. Na CSB 8, na parte sul da cidade, estão construindo um canteiro de plantas ornamentais, além de fazer a manutenção de meio-fios.

Crianças da QNM 38 de Taguatinga podem contar com o parquinho limpo e pintado: Foto: Divulgação/GDF Presente

Já no lado norte da cidade, o parquinho da QNM 38, foi todo limpo e teve os brinquedos pintados. No Setor C Norte, as equipes se esforçam para concluir um novo estacionamento próximo ao Hospital Regional de Taguatinga (HRT).

Galeria de Fotos

De olho na mobilidade, equipes recuperam estradas rurais