27/2/21 18:32
Atualizado em 27/2/21 às 18:32

Restaurantes Comunitários retomam venda exclusiva de marmitas

Volta a ficar vedada a refeição dentro das unidades. Os clientes devem comprar a refeição e não aglomerar no local

Foto: Divulgação/Sedes
Os clientes pagam R$ 1, retiram seu cartão e trocam pela marmita já pronta | Foto: Divulgação/Sedes

A partir de segunda-feira (1º/3), os 14 Restaurantes Comunitários do Distrito Federal voltam a vender exclusivamente marmitas. Assim, está proibida a permanência nos salões das unidades. A medida atende ao Decreto n° 41.842, de 26 de fevereiro de 2021, que estabelece medidas de segurança no combate à proliferação da Covid-19.

A exemplo do que ocorreu no ano passado, os clientes pagam R$ 1, retiram seu cartão e trocam pela marmita já pronta. É importante frisar que os funcionários dos restaurantes seguem redobrando os cuidados relacionados à higiene em relação ao manuseio do produto, seguindo todos os protocolos da Vigilância Sanitária.

A população precisa obedecer as normas de segurança, como o uso de máscara de proteção fácil, álcool gel e manutenção da distância mínima de dois metros dos demais clientes na fila

A população precisa obedecer as normas de segurança, como o uso de máscara de proteção fácil, álcool gel e manutenção da distância mínima de dois metros dos demais clientes na fila. Após a retirada da marmita, a orientação é para que o cidadão não aglomere no local.

“Contamos com a compreensão e colaboração da população. O momento voltou a ficar delicado e é um dever de cada um, como cidadão, trabalhar para que esse período passe logo”, orienta a secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha.

*Com informações da Sedes