19/3/21 18:55
Atualizado em 20/3/21 às 13:33

Reforço na lavagem das passagens subterrâneas do Eixão

Equipes retiram lixo das canaletas de escoamento da água das chuvas. Serviços, que começam agora na Asa Sul, já foram finalizados na Asa Norte

Todas as passagens da Asa Norte já foram limpas e o trabalho começa agora a ser feito na Asa Sul | Foto: GDF Presente

A travessia de pedestres entre as quadras 100 e 200 do Plano Piloto está mais segura. O GDF Presente trabalha na limpeza das canaletas das passagens subterrâneas sob os eixos W e L e o Eixão. O objetivo é impedir que a água da chuva se acumule e cause alagamentos nas travessias, atrapalhando quem anda a pé no local.

Todas as passagens da Asa Norte já foram limpas e o trabalho começa agora a ser feito na Asa Sul. “Vamos limpar todas as passagens tanto da Asa Sul quanto da Asa Norte. Começamos em frente ao Hospital Regional da Asa Norte (Hran) na tesourinha da 102 e fomos até a quadra 16”, conta o coordenador do Polo Central Adjacente III, Lúcio Barbosa.

“A gente identificou alagamentos constantes causados pela sujeira acumulada nas calhas e pela obstrução das galerias de águas pluviais”Ilka Teodoro, administradora do Plano Piloto

Segundo ele, todo tipo de lixo foi encontrado dentro das calhas, como sacolas plásticas, pedaços de papel, terra e até uma carteira e a chave de um carro, provavelmente jogadas ali depois de um furto. “Estamos limpando para deixar o canal desobstruído para que a água possa passar e cair na galeria de águas pluviais”, diz.

A limpeza das paredes já tinha sido feita pelo programa, em parceria com o Serviço de Limpeza Urbana (SLU), no ano passado pelo caminhão pipa. Agora, quem retira o lixo das canaletas são os reeducandos da Secretaria de Administração Penitenciária (Seape).

A administradora do Plano Piloto, Ilka Teodoro, espera que a limpeza das passagens incentive que os pedestres usem o túnel ao invés de se arriscar na travessia pelo Eixão no meio dos carros. “A gente identificou alagamentos constantes causados pela sujeira acumulada nas calhas e pela obstrução das galerias de águas pluviais”, afirma. “Precisamos melhorar as condições das passarelas para que as pessoas usem essas passagens, que são seguras”, completa.

Desde segunda-feira (15), já foram usadas mais de oito toneladas de massa asfáltica para tapar buracos de vias principais no centro de Brasília, entre elas a W3 Sul | Foto: GDF Presente

Atenção especial

O Plano Piloto tem recebido atenção especial do GDF. Equipes do Polo Central Adjacente III também trabalham para tapar os buracos de vias principais no centro de Brasília. Uma frente de trabalho é na Avenida W3 Sul e outra atua para melhorar o asfalto em pontos específicos no Setor Policial Sul e em quadras como a 207/208 e a 214 Norte. Desde segunda-feira (15), os trabalhadores usaram mais de oito toneladas de massa asfáltica, cedida pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap).

Outra equipe faz a limpeza de bocas de lobo na Esplanada dos Ministérios — 32 bueiros foram desobstruídos até agora. Eles também estão retirando entulho e lixo verde nas quadras 200/400 Sul e 100/300 Sul com máquinas e manualmente.

A poda de árvores foi feita em vários pontos na Vila Telebrasília, onde galhos estavam caindo constantemente | Foto: GDF Presente

Na Vila Telebrasília, onde sete praças serão totalmente reformadas, o GDF Presente promoveu a poda de árvores que atrapalhavam a iluminação pública em duas praças da cidade. A comunidade reclamava que o local estava muito escuro, além de galhos caírem constantemente. “Esse trabalho é importante para a segurança da comunidade, porque aqui era muito sombrio à noite”, diz o aposentado Raimundo Barbosa Rêgo, 69 anos, morador da Rua 18 da Vila Telebrasília.

Galeria de Fotos

Reforço na lavagem das passagens do Eixão