22/3/21 19:33
Atualizado em 23/3/21 às 7:34

Terracap abre licitação para ações no Burle Marx

Estão previstas duas ilhas de lazer, instalações elétricas e hidrossanitárias. Também haverá paisagismo da área com plantio de árvores e grama

O espaço verde compreende área equivalente a 280 campos de futebol | Mapa: Terracap

Uma das maiores manchas da vegetação nativa do Cerrado em Brasília, o Parque Ecológico Burle Marx, no Setor Noroeste, receberá, muito em breve, obras que vão permitir que moradores da região e de todo DF tenham um centro de lazer multiuso ao ar livre. 

“O projeto do Parque Ecológico Burle Marx é completo, agrega tratamento paisagístico e urbanístico ao espaço público do Setor Noroeste”Hamilton Lourenço, diretor Técnico da Terracap

É o que prevê a Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) em edital de licitação publicado nesta segunda-feira (22), no Diário Oficial do DF. Destina-se à contratação de empresa que execute projetos de duas ilhas de lazer, com urbanização e paisagismo.

As ilhas assim chamadas são dois agrupamentos de equipamentos. Uma será voltada para a Asa Norte e outra para o Noroeste. Está marcada a entrega das propostas  para o dia 13 de abril, às 10h.

Situado entre esses dois bairros, o Burle Marx é considerado corredor ecológico relacionado ao Parque Nacional de Brasília. Ansiado por muitos moradores do Noroeste e região, o parque é uma promessa antiga, mas que só neste governo está saindo do papel. O local compreende uma área verde de 280 hectares, o equivalente ao mesmo número de campos de futebol.

O Burle Marx situa-se entre a Asa Norte e o Setor Noroeste, sendo considerado corredor ecológico relacionado ao Parque Nacional de Brasília.

“O projeto do Parque Ecológico Burle Marx é completo, agrega tratamento paisagístico e urbanístico ao espaço público do Setor Noroeste, tornando-o um ponto de convívio comunitário para lazer e descanso, com a utilização dos seus equipamentos esportivos, mobiliários urbanos, espaços para caminhadas e contemplação”, sintetiza o diretor Técnico da Terracap, Hamilton Lourenço.

O projeto do parque prevê a construção de campos de futebol, módulos de vôlei de areia, quadras de tênis, quadras poliesportivas, diversos pergolados, academias, pontos de Encontro Comunitário (PECs), parques infantis, bicicletários, espaços para caminhadas e sanitários

Em 2020, foram realizados o cercamento de toda a unidade ambiental e a ciclovia com 5 km, às margens da Avenida W7.

Zoneamento ambiental

Diversas são as benfeitorias que o Parque Ecológico Burle Marx irá receber. O plano de manejo do espaço verde é o documento norteador das ações que serão realizadas, indicando a aptidão de cada área, separadas por zonas e aprovado pelo Brasília Ambiental. Elenca os locais que precisam de recuperação ambiental/plantios, de limpeza, de proteção, aqueles que são destinados à visitação pública, os equipamentos de lazer e esporte, bem como pontos de contemplação da natureza.

A partir daí a empresa vencedora da licitação terá que executar obras de urbanização, além da construção de duas ilhas. O projeto do parque prevê a construção de campos de futebol, módulos de vôlei de areia, quadras de tênis, quadras poliesportivas, diversos pergolados, academias, pontos de Encontro Comunitário (PECs), parques infantis, bicicletários, espaços para caminhadas e sanitários para maior conforto dos usuários.

Estão previstas, ainda, instalações elétricas e hidrossanitárias, além de guaritas em ambas as ilhas. Também haverá tratamento paisagístico no Parque, com plantio de árvores e gramas.

A licitação

Empresas interessadas já conseguem acessar o edital no site da Terracap (www.terracap.df.gov.br), na seção “Licitações Compras/Serviços”. Para acessar o documento referente à Licitação Presencial nº 03/2021, basta clicar aqui neste link.  

Mais informações podem ser obtidas por meio do call center da Terracap, no número (61) 3350-2222 ou via chat on-line, disponível neste portal. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h.​

*Com informações da Terracap