24/3/21 21:32
Atualizado em 24/3/21 às 21:32

DF Livre de Carcaças volta a ser realizada em delegacias

Já são 548 veículos recolhidos pela operação, que teve início em fevereiro de 2020 sob a coordenação da SSP

O material recolhido é levado para o depósito do 3º Distrito Rodoviário, do DER, onde os agentes de Vigilância Ambiental aplicam soluções na água parada e fazem o controle vetorial | Foto: Secretaria de Segurança Pública

A operação DF Livre de Carcaças, realizada nos pátios das delegacias do Distrito Federal, foi retomada nesta quarta-feira (24). Trinta veículos foram retirados da 6ª Delegacia de Polícia, localizada no Paranoá. Com a ação, chega a 548 o número de veículos recolhidos por meio da operação, que teve início em fevereiro de 2020 sob a coordenação da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF).

“Continuamos nas ruas para retirada desse material, numa ação que é pioneira no DF e integra a série de medidas adotadas pelo GDF para eliminar focos do mosquito Aedes aegypti – transmissor de dengue, zika e Chikungunya”Anderson Torres, secretário de Segurança Pública

Também participam da operação as secretarias de Cidades, Executiva de Políticas Públicas e DF Legal, o Departamento de Trânsito (Detran), a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), a Diretoria de Vigilância Ambiental (Dival) da Secretaria de Saúde (SES), a Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) e o Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

“Continuamos nas ruas para retirada desse material, numa ação que é pioneira no DF e integra a série de medidas adotadas pelo GDF para eliminar focos do mosquito Aedes aegypti – transmissor de dengue, zika e chikungunya. A DF Livre de Carcaças mostra ainda a capacidade de interlocução entre os envolvidos e evidencia que esta é uma ação prioritária para o Governo do Distrito Federal e na Segurança Pública não seria diferente”, avalia o secretário de Segurança delegado Anderson Torres.

De acordo o titular da 6ª DP, delegado Ricardo Viana, a ação é primordial. “Desta forma teremos um ambiente mais seguro e mais saudável para nossos policiais e também para todos aqueles que frequentam a delegacia. Essa é uma ação muito importante da SSP/DF”.

O material recolhido é levado para o depósito do 3º Distrito Rodoviário, do DER, onde os agentes de Vigilância Ambiental aplicam soluções na água parada e fazem o controle vetorial.

De acordo com o coordenador dos Conselhos de Segurança (Consegs), na SSP/DF, Marcelo Batista, a ação ocorre por meio da solicitação de cada delegacia. “Esta é uma ação muito importante e mostra a interação e integração da segurança pública de forma geral. Vamos continuar a atender aos órgãos que solicitarem, pois esta ação é primordial para evitar a proliferação do mosquito transmissor da dengue e outras arboviroses”, finaliza Batista.

*Com informações da Secretaria de Segurança Pública