28/3/21 16:38
Atualizado em 30/3/21 às 18:35

Habitação com dignidade no Recanto das Emas

Primeiros sete conjuntos do empreendimento Remas atingem 33% de execução; local contará com 530 unidades destinadas à política de habitação do GDF

“Vai mudar tudo”. É assim que Eliana Vargas, contemplada com uma das 530 unidades habitacionais que serão construídas no empreendimento Remas, definiu o que vai acontecer com a sua vida quando receber as chaves do seu novo lar. Sete conjuntos com obras em andamento, que abrigarão 160 casas, já estão com 33% de execução.

Além das casas, o projeto prevê toda a infraestrutura da região | Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

A construção do Remas, localizado na quadra 117/118 do Recanto das Emas, começou em março do ano passado, fruto de uma parceria do Governo do Distrito Federal com 24 cooperativas habitacionais. O residencial vai atender a habilitados das faixas de renda 1,5 (R$ 1.800,01 a R$ 2.600,00) e faixa 2 (R$ 2.600,01 a R$ 4.000,00) cadastrados junto à Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab).

O valor que eu pago de aluguel hoje em dia é maior do que o que eu irei pagar de mensalidade”Eliana Vargas, futura moradora do Remas

Foi o caso de Eliana, prestadora de serviços gerais de 46 anos de idade. Ela mora em Ceilândia Norte e relata que, há 30 anos morando no DF, nunca teve casa própria. “Sou mãe solteira, meus três filhos estão na faculdade e ainda não trabalham, então a única fonte de renda da casa é minha. O valor que eu pago de aluguel hoje em dia é maior do que o que eu irei pagar de mensalidade”, conta.

Ela não esconde a felicidade de, em breve, poder estar com as chaves do novo imóvel nas mãos. “Vou pagar por um bom tempo, mas a minha casa vai ser minha. Agradeço muito à Codhab, ao GDF por fazer isso acontecer, e à cooperativa por ter me dado essa oportunidade”. A expectativa da companhia é entregar as primeiras unidades aos beneficiários nos próximos meses.

R$ 2,3 milhõesé o valor investido na construção das 530 unidades habitacionais do Remas

As unidades terão 51,44 metros quadrados e serão compostas por dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. O investimento total na construção das 530 unidades habitacionais, divididas em 24 conjuntos, é de mais de R$ 2,3 milhões, verba oriunda do Programa Minha Casa Minha Vida. Além das obras de habitação, o projeto também prevê infraestrutura – água, esgoto, drenagem de águas pluviais, energia e iluminação pública, já executada pelo GDF.

O presidente da Codhab, Wellington Luiz, destacou o esforço feito pelo governo para realizar as entregas em um período tão difícil para todos os moradores do DF. “Foi uma determinação do governador Ibaneis que essas unidades sejam entregues o quanto antes, principalmente dentro da necessidade do momento, por conta da pandemia”, ressalta. “Estamos dando dignidade, respeito e segurança para essas pessoas”.

 

Galeria de Fotos

Habitação com dignidade no Recanto das Emas