12/4/21 11:52
Atualizado em 12/4/21 às 11:52

Casamento Comunitário agora é programa de governo

Para casar são cinco fases: inscrição, seleção dos candidatos, preparação da documentação, participação nos encontros preparatórios e cerimônia

O Casamento Comunitário agora é um programa oficial de governo. A coordenação continua com a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), que ainda pode contar com o auxílio de outros órgãos governamentais, além de parceiros e voluntários para oficializar a união de casais hipossuficientes do DF.

“A medida fortalece o Casamento Comunitário, que passa a ser uma ação permanente no Distrito Federal. Agora, poderemos, por exemplo, destinar recursos públicos para a execução das próximas edições. Hoje contamos apenas com parceiros e voluntários para realizar os sonhos desses casais”, explica a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani.

As inscrições para o primeiro Casamento Comunitário de 2021 estão abertas até 14 de abril

Entre os objetivos do programa estão a defesa do direito à convivência familiar, a garantia dos direitos civis da família e a consolidação desse núcleo social básico de acolhida, convívio, autonomia, sustentabilidade e protagonismo social. O Casamento Comunitário é composto por cinco fases: inscrição, seleção dos candidatos, preparação da documentação; participação nos encontros preparatórios e cerimônia.

1ª Edição de 2021

As inscrições para o primeiro Casamento Comunitário de 2021 estão abertas até 14 de abril. É uma oportunidade para 40 casais oficializarem a união matrimonial. A cerimônia está prevista para ocorrer no dia 30 de maio e será realizado no Museu Nacional da República Honestino Guimarães.

Em virtude da pandemia, um rígido protocolo será estabelecido. As regras específicas de segurança sanitária necessárias para realização da cerimônia, como restrição de convidados e indicação das testemunhas, serão apresentadas no primeiro encontro preparatório que será realizado no dia 27 de maio.

As informações referentes ao presente processo seletivo serão prestadas por meio do e-mail: subdhir@sejus.df.gov.br e/ou telefones (61) 3213-0705 / 3213-0684. Os formulários para preenchimento serão disponibilizados no site da Sejus.

 *Com informações da Sejus