16/4/21 12:20
Atualizado em 16/4/21 às 17:08

Começou a vacinação para pessoas de 64 e 65 anos

Distribuição de doses foi antecipada, e vários pontos já estão fazendo a imunização para essa faixa etária

Além dos locais já disponíveis, foram criados mais três pontos para imunização | Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde
40.515 Estimativa da Codeplan da população de 64 e 65 anos no DF

A partir das 13h desta sexta-feira (16), pessoas idosas de 64 e 65 anos também poderão procurar os 52 pontos de vacinação, distribuídos por todas as regiões de Saúde do Distrito Federal, para que sejam vacinados com a primeira dose contra covid-19. Com a antecipação do recebimento das doses, a vacinação para esse público será iniciada um dia antes da previsão inicial, que era para o sábado (17).

A Secretaria de Saúde (SES) recebeu, na madrugada desta sexta, mais 80 mil doses das vacinas que previnem a doença. Para a população, serão disponibilizadas 72.818 doses, sendo as demais destinadas à reserva técnica.

Drive-thru de Santa Maria passou a funcionar na UBS 7 da cidade

Prossegue a imunização para profissionais de saúde, que poderão agendar a primeira dose a partir de segunda-feira (19), mesmo dia em que começam a ser imunizados os servidores das forças de segurança já a partir desta segunda. A remessa conta com doses para uso em primeira aplicação (D1) e para o reforço (D2).

Três novos pontos de vacinação foram disponibilizados: a Praça dos Direitos, no Itapoã; o Espaço Céu das Artes, no Recanto das Emas, e na Praça dos Direitos, em Ceilândia. Também houve mudanças no drive-thru de Santa Maria – antes localizado no prédio da administração da cidade, agora fica na UBS 7.

A estimativa da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) é que o DF tenha uma população com 64 e 65 anos composta por 40.515 pessoas, das quais 20.804 têm 64 anos e 19.711 têm 65. A divisão das doses foi definida pelo Ministério da Saúde. e o DF seguirá o fluxo conforme orientação do órgão federal.

Assim, a distribuição para primeira dose se dará seguinte forma:

  • 43.140 doses D1 para ampliar a vacinação para pessoas de 64 e 65 anos;
  • 2.237 doses D1 para vacinar profissionais das forças de segurança;
  • 3.906 D1 para profissionais de saúde. Esse quantitativo poderá ser ampliado 4.414 doses, pois 508 doses do agendamento passado que tinham sido separadas para perda técnica serão usadas nesta fase.

O Ministério da Saúde ampliou a porcentagem de perda técnica a ser enviada aos estados. Antes, 5% das doses recebidas eram reservadas para suprir perdas. Agora, esse percentual será de 10%. Isso ocorre porque há frascos sendo recebidos com menos doses que o esperado.

Confira mais informações na página da Secretaria de Saúde.

*Com informações da Secretaria de Saúde