16/4/21 9:03
Atualizado em 16/4/21 às 9:17

Mais de 48 mil remédios entregues nos primeiros três meses de 2021

Parceria entre BRB e Secretaria de Saúde leva medicamentos de alto custo às casas de pacientes cadastrados

“É de suma importância que o usuário tenha o cadastro atualizado, inclusive endereço e telefone” Mariana Mantovani, gerente do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica

De janeiro a março deste ano, o programa Entrega de Medicamentos em Casa, fruto de parceria entre a Secretaria de Saúde (SES) e o BRB, entregou 48.846 medicamentos de alto custo aos pacientes cadastrados. A iniciativa tem tido sucesso e tornou-se fundamental para o atendimento dos pacientes, principalmente na pandemia de covid-19.

O objetivo do programa, que começou em 3 de abril de 2020, é evitar filas e aglomerações nas três unidades de farmácias de alto custo existentes no Distrito Federal. Durante todo o ano passado, foram entregues 95.654 medicamentos. Confira, abaixo, os números.

Arte: SES

Este ano, os dados seguem mostrando a eficiência da ação. Em janeiro, foram entregues 14.131 medicamentos, 8.152 desses diretamente em casa de pacientes; em fevereiro, 16.825, com 9.152 levados em casa. Já em março, 11.438 usuários em casa os medicamentos, do total de 18.890 unidades distribuídas.

“Para receber o medicamento em casa, o paciente deverá ser cadastrado no Ceaf [Componente Especializado da Assistência Farmacêutica]”, explica a gerente do Ceaf da SES, Mariana Mantovani. “É de suma importância que o usuário tenha o cadastro atualizado, inclusive endereço e telefone.”

33 milusuários são cadastrados nas farmácias de alto custo

A gestora lembra que também é preciso atualizar o cadastro na farmácia e ligar para o telefone (61) 3029-8080, das 8h às 18h, para agendar o recebimento dos remédios em sua residência. Os medicamentos só serão entregues ao próprio paciente ou a um representante legal, que também deve estar cadastrado na farmácia.

Atendimento presencial

Mesmo com as entregas feitas pelo programa, o atendimento nas três unidades das farmácias de alto custo – Gama, Ceilândia e Plano Piloto –  continua funcionando de segunda a sexta, das 7h às 19h; e, aos  sábados das 7h às 12h. Atualmente, são 33 mil usuários cadastrados nas farmácias do Ceaf.

*Com informações da Secretaria de Saúde