2/5/21 8:47
Atualizado em 2/5/21 às 11:08

Novas áreas de lazer em 34 pontos de Taguatinga 

Foram reformados 18 parques infantis, 12 quadras poliesportivas e quatro pracinhas. Comunidade também ganhou mais PECs 

“Estamos proporcionando conforto e segurança em espaços públicos que são da população” Bispo Renato Andrade, administrador de Taguatinga

Praticar atividades físicas ou simplesmente ter momentos de lazer significa cuidar da saúde do corpo e da mente. Para dar mais conforto e segurança aos usuários, a Administração Regional de Taguatinga reformou 18 parquinhos infantis, 12 quadras e quatro praças, além de instalar quatro novos pontos de encontro comunitários (PECs). O investimento nos espaços públicos e equipamentos de ginástica foi de aproximadamente R$ 100 mil.

Reformas abrangem parques infantis, entre outras instalações destinadas ao lazer público | Foto: Acácio Pinheiro/Agência Brasília

Para o administrador de Taguatinga, bispo Renato Andrade, a reforma de áreas de lazer é uma forma de trazer a comunidade de volta ao seu espaço. “Se o espaço está degradado, a tendência é as pessoas se afastarem”, pontua. “Estamos proporcionando conforto e segurança em espaços públicos que são da população”.

Moradora do M Norte, a professora Luiza Oliveira, 52 anos, aprova a reforma fizeram nos parquinhos infantis, quadras poliesportivas e praças. “Também é muito importante a instalação de PECs para incentivar e democratizar a prática de exercício físico”, afirma.

Parceria 

Para pintar esses espaços públicos, fazer a manutenção dos equipamentos, podar árvores e executar outros serviços, a Administração Regional de Taguatinga conta com o apoio de outros órgãos do GDF. No caso dessas reformas, a parceria veio da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) e do Serviço de Limpeza Urbana (SLU).

O assessor da Diretoria de Urbanização da Novacap, Paulo César Bastos, explica que, antes de empreender qualquer trabalho, a companhia faz a vistoria dos parquinhos infantis, quadras poliesportivas e praças. “São obras de mão de obra direta”, diz. “Verificamos o local para saber o que deve ser feito. Orçamos e realizamos o serviço”.

 

Galeria de Fotos

Novas áreas de lazer em 34 pontos de Taguatinga