17/6/21 21:50
Atualizado em 17/6/21 às 21:52

Procura por vacinação de 50 a 59 anos é a maior até agora

Enquanto isso, infecção em todas as faixas etárias vem registrando queda, de acordo com dados da Secretaria de Saúde

O Governo do Distrito Federal (GDF), por meio da Secretaria de Saúde, registrou esta semana a maior procura de vacinas por faixas etárias desde o início do processo de imunização. Entre segunda-feira (14) e a manhã desta quinta-feira (17) o número de pessoas vacinadas de 55 a 59 anos subiu de 16,1% a 36,9%.

O secretário da Casa Civil, Gustavo Rocha (C), afirmou que o aumento da procura por vacina reforça a necessidade do GDF em “divulgar todos os dados para as pessoas entenderem a necessidade da vacinação” | Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

Já nas pessoas entre 50 e 54 anos, o percentual de imunizados com a primeira dose saltou de 0,9% para 15,8% no mesmo período. Os dados foram anunciados pelo secretário da Casa Civil Gustavo Rocha, durante coletiva de imprensa no Palácio do Buriti.

“Um aumento muito significativo reforçando a nossa necessidade de divulgar todos os dados para que as pessoas entendam a importância e a necessidade da vacinação”, declarou Rocha.

Só na segunda-feira (14), foram vacinadas 25.550 pessoas desses dois grupos etários. Na terça foram 20.560, enquanto no dia seguinte outros 23.520 cidadãos receberam a primeira dose da vacina. Estima-se que o Distrito Federal tenha 185 mil moradores de 50 a 54 anos e 152 mil entre 55 e 59 anos.

E enquanto o número de vacinados cresce, o de casos e de óbitos em todas as faixas etárias vem registrando quedas. No mês de maio, o índice médio de contaminação já estava 20% menor se comparado a abril. Em comparação a março, esse percentual sobe para 42%.