23/6/21 17:47
Atualizado em 23/6/21 às 18:23

‘GDF Presente’ retira 50 toneladas de lixo verde do Lago Norte

Restos de podas estavam acumulados em um lixão irregular às margens da DF-005

O GDF Presente concentra esforços para recolher o lixo verde deixado nas ruas ou acumulado em áreas públicas no Distrito Federal. No Lago Norte, as equipes do Polo Central Adjacente I trabalham desde segunda-feira (18) para limpar uma área de transbordo irregular nas margens da DF-005, a rodovia que liga o Centro de Atividades (CA) ao Polo Verde.

Limpeza de área de transbordo irregular: caminhões saem lotados do local | Fotos: Divulgação/GDF Presente

Em dois dias, 50 toneladas de restos foram retiradas, incluindo pedaços de árvores podadas e materiais de construção. O administrador do Lago Norte, Marcelo Ferreira da Silva, diz que a maior parte dos resíduos jogados no local é resto de podas de árvores feitas nos terrenos da cidade, grandes e com jardins abundantes. “Os moradores contratam empresas para fazer a manutenção dos jardins e elas largam o resto das podas ali”, conta.

A cada dia, três caminhões com as carrocerias cheias de dejetos fazem duas viagens à Unidade de Recolhimento de Entulhos (URE), na Estrutural, onde o material é despejado. “Esse trabalho ainda vai levar mais uns dois dias. Tem muito lixo acumulado”, informa o coordenador do Polo Central Adjacente I, Leandro Cardoso.

Ações na Asa Norte

No Plano Piloto, a sujeira também é causada por galhos e folhas que caem das árvores com a ação do vento ou são deixados na rua pelos jardineiros dos prédios residenciais. O serviço se concentra nas quadras 300 da Asa Norte. O GDF Presente também inclui o recolhimento do lixo verde em seu cronograma de ações, mesmo que a sujeira não seja causada só pelas folhas derrubadas pelo vento.

Lavagem de Ponto de Encontro Comunitário na 311 Norte

“Os síndicos dos prédios contratam o serviço de jardinagem, mas quem faz a poda nos jardins não recolhe o lixo verde; eles deixam na área pública para a gente recolher”, afirma Leandro.  Na 311 Norte, por exemplo, além da limpeza da área verde com o recolhimento de galhos de árvores e folhas caídas, as equipes ainda lavaram o Ponto de Encontro Comunitário (PEC) da quadra.

Poda de árvores na 407 Norte exigiu equipamento especial

Nas quadras 700 e 900 Norte, os servidores fizeram a roçagem manual da grama; e, na Escola Classe 407, que fica na L2 Norte, a equipe da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) podou árvores que ameaçavam cair em cima do telhado. Como as árvores eram altas, o trabalho foi feito com um equipamento chamado Sky, que levanta o trabalhador a uma altura suficiente para ele alcançar os galhos.

 

Galeria de Fotos

GDF Presente retira 50 toneladas de lixo verde do Lago Norte