7/7/21 16:56
Atualizado em 7/7/21 às 17:13

Processo seletivo do Curso de Tecnologia em Gestão Pública

Escola Superior de Gestão (ESG) divulga nomes dos 15 selecionados para a formação superior. Foram 71 servidores e empregados públicos inscritos

O resultado final do processo seletivo do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Pública, voltado aos servidores e os empregados públicos estáveis e em exercício do Governo do Distrito Federal (GDF), foi publicado nesta quarta-feira (7), no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF).

A Escola Superior de Gestão (ESG) surgiu em 2019 e é fruto de uma cooperação regida pela Secretaria de Economia, por meio da Escola de Governo do DF (Egov) e da Funab

Dos 71 servidores e empregados públicos inscritos, 15 foram contemplados. A grande novidade este ano é que todo o processo seletivo foi realizado no site da ESG. Os classificados devem efetuar a matrícula também de modo on-line, até a próxima sexta-feira (9), no site da instituição, na aba Secretaria Acadêmica.

“Este foi o primeiro processo realizado totalmente de forma eletrônica, por meio do site da ESG. Mesmo diante da pandemia, a ESG não mediu esforços para continuar com o cronograma de abertura de novas turmas”, destacou Simone Benck, diretora-executiva da Fundação Universidade Aberta de Brasília (Funab).

A Escola Superior de Gestão (ESG) surgiu em 2019 e é fruto de uma cooperação regida pela Secretaria de Estado de Economia (SEEC), por meio da Escola de Governo do Distrito Federal (Egov) e da Funab.

A diretora-executiva da ESG, Juliana Tolentino, orgulha-se de a ESG fomentar, com responsabilidade e competência, o Curso Superior de Tecnologia em Gestão Pública. “Nossa missão consiste na formação de tecnólogos capazes de atuar na gestão, no planejamento, na elaboração e na execução de políticas públicas eficientes e inovadoras. Estamos oferecendo um curso intenso e prático para os alunos, que receberão orientação de excelentes profissionais do GDF, tidos como referências em suas áreas de atuação”, destacou a diretora-executiva.

“Educação é um direito de todos e todas, e processo por meio do qual as pessoas têm a possibilidade de transformar a si mesmas e o contexto onde vivem, contribuindo para melhorar a vida em sociedade. Não é processo acabado, exige atualização permanente, tendo em vista as inúmeras mudanças testemunhadas pela humanidade”, diz Ludmila Andrade, presidente da comissão de processo seletivo da ESG.

Para ela, oportunizar aos servidores do GDF a formação contínua e continuada, gratuita e de qualidade a partir dos cursos oferecidos pela ESG, representa o compromisso do Estado com a formação daqueles que entregam o serviço público à comunidade, e consequentemente com a qualidade desse serviço.

“A realização de processos seletivos simplificados como esse que ora se encerra (edital nº 5 de 21 de maio de 2021) representa inclusão social e o reconhecimento do serviço público como direito de cidadania”, acrescenta Ludmila Andrade.

A ESG oferece graduação no Curso Superior de Tecnologia em Gestão Pública para servidores do GDF, com duração de quatro semestres letivos. Ao todo, são mais de 60 alunos, entre servidores e a comunidade do Distrito Federal.

Para mais informações, acesse o site da Escola Superior de Gestão

 

*Com informações da ESG