27/7/21 19:30
Atualizado em 27/7/21 às 19:48

‘Cidade da Segurança Pública’ estará agora em Samambaia

Projeto, que estreou em Planaltina, será instalado na região nesta quarta (28)

Mais uma cidade do DF será contemplada com o projeto Cidade da Segurança Pública (CSP), criado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) para atuar em duas frentes: a redução dos índices de criminalidade e a execução de ações sociais. A operação estreou em novembro do ano passado, em Planaltina. Desta vez, Samambaia contará com a concentração de esforços para atuação policial, serviços e atendimentos para promoção da cidadania a partir da próxima quarta-feira (28). A solenidade de lançamento está prevista para as 9h.

Diversos tipos de serviços serão oferecidos à população de Samambaia durante toda esta semana | Fotos: Divulgação/SSP

Em formato itinerante, o projeto faz parte do programa estruturante DF Mais Seguro e conta com participação, de forma integrada, das forças de segurança – polícias Militar (PMDF) e Civil (PCDF), Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF) e Departamento de Trânsito (Detran). Também participam as secretarias da Mulher (SM) e de Administração Penitenciária (Seape), o Banco de Brasília (BRB), Neoenergia BSB e Serviço de Limpeza Urbana (SLU). O ponto focal será a estrutura que funcionará junto à Feira Permanente de Samambaia, na Quadra 202 Norte, mas a atuação será em toda a cidade, até sábado (31).

“De forma mais próxima, poderemos entender melhor as necessidades e demandas dos moradores” Delegado Júlio Danilo, secretário de Segurança Pública

“Esse formato itinerante e pontual, ou seja, atuando por um período de média de cinco dias, nos permite realizar o projeto em um maior número de cidades, independentemente de outras ações de segurança pública”, explica o titular da SSP, delegado Júlio Danilo. “Esperamos, com isso, dar um atendimento cada vez mais individualizado para cada região administrativa, melhorando assim os indicadores criminais e, consequentemente, a qualidade de vida da população.”

Durante os cinco dias de ação em Samambaia, haverá uma estrutura montada na feira da cidade. Os serviços serão oferecidos das 9h às 14h, de quarta a sexta-feira (30). No sábado haverá atendimento das 9h às 15h. “O local de realização do projeto foi escolhido com base em critérios estratégicos, como facilidade de acesso e grande circulação de pessoas”, detalha o secretário. “De forma mais próxima, poderemos entender melhor as necessidades e demandas dos moradores”.

Índices positivos

O DF tem se projetado pelas reduções na criminalidade. Na última semana, foi destaque nacional, de acordo com o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP). Segundo o estudo, em 2020, a taxa de homicídios caiu 13,4%, na comparação com 2019. A marca vai na contramão do país, que registra aumento de 5,6% nesses índices.

“Estamos mantendo a redução, alcançando recorde atrás de recorde”, afirma o secretário de Segurança Pública. “Ao mesmo tempo, precisamos buscar alternativas para que o decréscimo dos dados permaneça. Por isso, temos realizado ações por meio do DF Mais Seguro, como é o caso da CSP.”

Escolha da região

Os critérios para realização da CSP dependem da estrutura das forças de segurança locais, levantamentos e análises criminais feitas pelos setores de estatística e inteligência. O perfil socioeconômico da região, a densidade populacional e o mapeamento de desordens também são aferidos.

“Estamos em uma região extensa, com quase 300 mil habitantes, e há muitas demandas existentes, como em qualquer outra cidade grande”, reforça o administrador de Samambaia, Gustavo Aires. “Então, esses dias serão muito proveitosos, e a comunidade agradece. Ver um governo integrado dessa forma, com todos os órgãos envolvidos, em prol de um bem comum, que é a comunidade, só mostra a força que esta atual gestão tem”.

Operações

Até o próximo sábado (31), estão previstas operações de combate à criminalidade, como a Quinto Mandamento, que terá a edição de aniversário de um ano na cidade. “Será uma edição especial, preparada para Samambaia”, antecipa o secretário executivo de Segurança Pública, delegado Milton Neves. “O objetivo é marcar o primeiro ano dessa operação criada para redução dos homicídios no DF, mas que vem apresentando dados de redução de outros crimes, como aqueles contra o patrimônio.”

“A Polícia Militar está sempre pronta para atuar nas ações de Segurança Pública” Coronel Hércules Freitas, comandante-geral em exercício da PMDF

Outra operação prevista é a DF Livre das Carcaças, que será feita a partir de levantamento prévio para identificação de desordens, como carros abandonados nas ruas. O estudo da Unidade de Políticas Públicas (UPP) da SSP foi feito previamente para nortear ações, como obras, reparos e melhorias que impactam diretamente a sensação de segurança da população local.

“Esta não é a primeira vez que atuamos na região”, lembra o coordenador dos Conselhos de Segurança (Consegs) da SSP, Marcelo Batista. “Desde que a ação foi iniciada, em fevereiro de 2020, já retiramos 90 carros abandonados das ruas da cidade e mais de 650 de todo o DF.”

Aproximação com agentes

Para o diretor-geral da PCDF, delegado Robson Cândido, a iniciativa é muito importante por promover a integração das forças de segurança e reforçar ainda mais a aproximação com a sociedade. “Certamente, esta é uma ocasião propícia para nos aproximarmos da população local e mostrar que a PCDF e demais forças estão empenhadas em garantir a paz social”, pontua.

O comandante-geral em exercício da PMDF, coronel Hércules Freitas, avalia que é fundamental a integração do sistema de segurança, bem como a participação popular para o desenvolvimento de ações com resultados eficientes. “A Polícia Militar está sempre pronta para atuar nas ações de Segurança Pública”, explica.

A avaliação é reforçada pelo comandante-geral do CBMDF, coronel Willian Bonfim: “Essa interação é muito importante – tanto para a população quanto para os órgãos envolvidos – pois, desta forma, será possível receber com maior facilidade o retorno das ações realizadas e promover os aperfeiçoamentos necessários para a população local”.

O comandante ressalta as especificidades da região: “Samambaia é muito interessante do ponto de vista estratégico e operacional do CBMDF, pois, além de ser limítrofe com outras regiões, possui ainda três batalhões, cada um para atender demandas específicas e em pontos estratégicos, o que contribui para reduzir o tempo de resposta das ocorrências”.

Trânsito

As ações de trânsito serão intensificadas, com ação conjunta do Detran, DER, batalhões de trânsito da PMDF e Polícia Rodoviária Federal, por conta da proximidade de Samambaia com a BR-060.

Reforço no policiamento

As ações de policiamento começaram a ser feitas já a partir da segunda-feira (26). A Polícia Civil reforçará o efetivo das delegacias e fará diversas ações integradas. O Departamento Operacional (DOP), da PMDF, empregará tropas especializadas, como os batalhões de Policiamento com Cães (BPCães), de Aviação (Bavop), de Operações Especiais (Bope), Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran), Rondas Ostensivas Táticas Motorizadas (Rotam), Patrulhamento Tático Móvel (Patamo) e Regimento de Polícia Montada (RPMon).

“Estaremos atuando focados nas manchas criminais, com foco na apreensão de drogas e prisão de foragidos da Justiça, bem como no policiamento comunitário, interagindo com a comunidade”, informa o chefe do DOP da PMDF, coronel Naime. “O trabalho dos policiais será baseado em maior incidência criminal, a partir de análises de dados produzidos pela SSP e pela corporação.”

Fiscalização de sentenciados

A Seape, por meio da Gerência de Fiscalização de Custodiados (Gefic), vai intensificar a fiscalização de imposições penais de sentenciados, como aqueles que cumprem regime aberto, prisão domiciliar ou livramento condicional, ou regime semiaberto beneficiado com trabalho externo. Os beneficiados com saídas quinzenais ou temporárias que residam ou trabalhem na região administrativa também serão fiscalizados pelos policiais penais.

O Centro Integrado de Monitoração Eletrônica (Cime) também integra a ação. As viaturas farão a ronda diuturnamente, de forma preventiva. “A Polícia Penal do DF está cada vez mais presente em operações integradas de segurança realizadas pela SSP”, avalia o secretário de Administração Penitenciária, Geraldo Nugoli. “Atualmente, nossa Gerência de Fiscalização trabalha de forma integrada com o Cime, e o resultado se mostra bastante satisfatório”.

Ações sociais e serviços

Atividades e orientações voltadas às mulheres estarão disponíveis

Durante a semana, serão realizadas ações voltadas para o atendimento ao público e à promoção da cidadania, como emissão de carteiras de identidade, visitas ao Museu de Drogas da PCDF, serviços disponíveis na unidade móvel da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) a exemplo de orientações sobre violência doméstica e palestra com orientações de primeiros socorros.

Haverá, ainda, exposição de equipamentos e viaturas das forças de segurança, orientações sobre os perigos do uso de entorpecentes por meio do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) e apresentações do grupo de teatro Lobo Guará, da PMDF, além de orientações sobre trânsito, feitas pelas equipes do Detran.

A unidade móvel da Secretaria da Mulher (SM) também estará presente, organizando bate-papo sobre direitos e promoção das mulheres, além de palestras sobre combate à violência de gênero.

Nos postos de Atendimento do BRB e da Neoenergia, poderá ser emitida a segunda via de contas, religação de energia e cadastro para tarifa social. “Para nós é uma grande satisfação participar de um evento como a CSP”, afirma o presidente da Neoenergia Distribuição Brasília, Frederico Candian.

“Além de fazer solicitações de serviços e negociação de contas, nossos clientes que estiverem com a conta de energia em dia terão a oportunidade de trocar até cinco lâmpadas convencionais por lâmpadas LED, podendo reduzir assim o consumo de energia”, acrescenta Candian.

O SLU, por sua vez, promoverá ações de intensificação da coleta convencional nas quadras específicas, a catação em diversas áreas da Samambaia e a remoção mecanizada de entulhos. Essas ações serão efetuadas durante todo o período da CSP em Samambaia.

*Com informações da Segurança Pública