13/9/21 14:20
Atualizado em 13/9/21 às 14:20

Fazendinha JK celebra os 119 anos do fundador de Brasília

Última residência do estadista, de 1972 a 1974, local atualmente é aberto a visitação, mediante agendamento

O aniversário do 119º ano de nascimento de Juscelino Kubistchek, o fundador de Brasília, foi celebrado na Fazendinha JK, na tarde de domingo (12), com almoço onde foi servido o prato preferido o ex-presidente: pernil suíno à pururuca, farofa de bacon com banana frita, tutu à mineira, frango caipira com angu. De sobremesa, doce de leite com goiabada cremosa.

Os proprietários da Fazendinha JK com a secretária de Turismo Vanessa Mendonça e Cosete Ramos, diretora da Amabrasília, que também participou do evento | Foto: Claudio Gerber/Setur – DF

Para a secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça, que participou do evento, celebrar o aniversário de JK “fortalece os propósitos do nosso governo, liderado por Ibaneis Rocha, que tem reconstruído Brasília com a mesma força de JK, com ações tão importantes e relevantes para hoje e para o futuro da cidade.”

Na manhã de domingo, Ibaneis Rocha também participou, no Memorial JK, de celebrações em torno do 119° aniversário de nascimento de Juscelino Kubitschek. A solenidade marcou ainda os 40 anos de inauguração do espaço que abriga a memória e história do seu fundador.

A Fazendinha JK foi a última residência de Juscelino Kubistchek, de 1972 a 1974. O projeto da casa foi presente do amigo Oscar Niemeyer, com o paisagismo de Burle Marx. Em 1984, a viúva de JK, Sarah Kubistchek, vendeu a propriedade ao ex-deputado paranaense Lázaro Servo.

Antônio Henrique Belisário Servo, filho de Lázaro, e a mulher, Rosana de Queiroz Servo, hoje administram o patrimônio. Todos os objetos da casa são mantidos intactos. Mas, o que chama mesmo a atenção é a imensa biblioteca, além da mobília, objetos de decoração e a vista para uma nascente cercada pela vegetação do cerrado.

“Nós preservamos e cuidamos desse patrimônio. Sabemos que aqui guardamos parte da história do Brasil e, acima de tudo, desse grande homem que foi considerado o maior estadista do século XX do mundo inteiro. Somos estudiosos da vida de JK e fãs incondicionais dele”, disse Rosana.

A Fazendinha JK está aberta ao público. No entanto, é preciso agendar com antecedência, enviando mensagem pelo WhatsApp (99845-9030) com pelo menos 48 horas.

*Com informações da Setur-DF