30/9/21 20:05
Atualizado em 30/9/21 às 20:05

Campanha Outubro Rosa começa nesta sexta-feira (1º)

Data marca inauguração do mamógrafo do Centro Especializado em Saúde da Mulher

“O grande diferencial é ofertar um atendimento mais completo às nossas pacientes, fazendo com que elas sejam mais bem assistidas”Pollyanna Mertens, diretora da Atenção Secundária da Região de Saúde Central

Nesta sexta-feira (1º), será inaugurado o mamógrafo do Centro Especializado em Saúde da Mulher (Cesmu). O evento marca a abertura da campanha Outubro Rosa da Secretaria de Saúde do Distrito Federal.

Com o novo equipamento, o Cesmu amplia a carta de serviços e passa a ter capacidade de realizar até 480 exames por mês. “O grande diferencial é ofertar um atendimento mais completo às nossas pacientes, fazendo com que elas sejam mais bem assistidas”, afirma a diretora da Atenção Secundária da Região de Saúde Central, Pollyanna Mertens.

O aparelho está à disposição de todas as pacientes da rede pública de saúde, que agora conta com 11 mamógrafos para realizar exames preventivos.

Desde a inauguração, em outubro do ano passado, o Cesmu já realizou mais de 5 mil atendimentos, dentre todas as especialidades médicas e interdisciplinares ofertadas pelo centro, como ginecologia, endocrinologia, dermatologia, reumatologia, homeopatia, acupuntura, enfermagem, nutrição, psicologia, serviço social, farmácia e sala de vacinas.

A campanha Outubro Rosa acontece no Brasil desde 2002, com ações de prevenção, diagnóstico e tratamento precoce do câncer de mama e de colo do útero.

A próxima atividade da campanha acontece no dia 11 de outubro, quando o Cesmu oferecerá atendimento completo para 90 mulheres catadoras de materiais recicláveis, vinculadas à Central de Cooperativas de Materiais Recicláveis do Distrito Federal (Centcoop).

Serviço
Lançamento da campanha Outubro Rosa e inauguração do mamógrafo do Cesmu
– Data: 1º/10
– Hora: 10h
– Local: Centro Especializado de Saúde da Mulher (Cesmu) – Entrequadra 514/515 Sul

*Com informações da Secretaria de Saúde do DF