8/12/21 12:34
Atualizado em 8/12/21 às 12:34

Premiação a agentes de leitura tem resultado provisório

Chamamento público, que conta com recursos de R$ 500 mil, vai contemplar 100 participantes do Programa Mala do Livro

A Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) publicou, no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta quarta-feira (8), o resultado provisório do Edital Nº 36/2021, que vai premiar agentes culturais de leitura que tenham prestado relevante contribuição ao fomento do livro, leitura, e contação de histórias no DF ou na Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (Ride).

Acesse na íntegra o Resultado Provisório

O chamamento público, que conta com recursos de R$ 500 mil, vai contemplar 100 agentes do Programa Mala do Livro, da Biblioteca Nacional de Brasília, com prêmio no valor de R$ 5 mil. Os candidatos pré-selecionados atenderam a uma série de requisitos, como tempo de atuação como agente cultural de leitura e quantidade de certificados de cursos realizados pelo programa.

As propostas foram julgadas por comissão de seleção composta por servidores da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

Conheça os membros da Comissão de Seleção (Portaria 196)

Proponentes de regiões com menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) receberam pontuação extra de acordo com a localidade de atuação, assim como concorrentes do gênero feminino, autodeclarados pretos ou pardos e pessoas com deficiência.

Próximos passos

Os agentes de leitura que constam como ‘desclassificados’ no resultado provisório têm prazo de cinco dias corridos, contados a partir desta quinta-feira (9), para apresentar recurso fundamentado, que deve ser direcionado à Comissão de Seleção por meio de formulário eletrônico disponível na aba Editais do site da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

O resultado final do certame será publicado no DODF e no site da Secec.

Mala do livro

O Programa de Extensão Bibliotecária Mala do Livro – Biblioteca Domiciliar – é uma iniciativa de estado do GDF sob o guarda-chuva da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec), formalizado pelo Decreto nº 17.927, de 20 de dezembro de 1996.

Atualmente, a Mala do Livro tem 75.300 títulos cadastrados no sistema em 196 malas (na verdade, caixas de madeira dobráveis). Há ainda 188 malas em instituições que prestam assistência social, além de outras sete em hospitais. A Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (Ride-DF), que avança para Minas e Goiás, contabiliza mais de 500 unidades.

* Com informações da Secec