4/1/22 18:05
Atualizado em 5/1/22 às 15:44

Cerca de 40 toneladas de entulho a menos em Águas Claras

Cidade recebe mutirão de limpeza e operação tapa-buracos, ações que amenizam os inconvenientes trazidos pelo período das chuvas

Um mutirão de limpeza e a operação Buraco Zero estão a todo vapor esta semana em Águas Claras. Sob a coordenação do GDF Presente, operários da administração regional, da Novacap e funcionários do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) intensificam os trabalhos em diversas ruas da região administrativa (RA). Os buracos abertos pelas fortes chuvas no DF serão corrigidos até o fim da semana.

Colchões e sofás velhos ainda são deixados por alguns moradores perto das residências e são recolhidos pelas equipes do GDF Presente, que contam com a mão de obra de reeducandos do programa Mãos Dadas, da Seape | Fotos: Divulgação/GDF Presente

Lixo verde acumulado, inservíveis e restos de construção encheram os caminhões do Polo Central II do programa GDF Presente. Um total de 40 toneladas foi retirado da área central da RA e do pátio de obras da administração. Para a moradora da Quadra 203 Edilaine Carvalho, 32, o que mais incomoda são os inservíveis deixados em algumas ruas.

Com a presença do polo do GDF Presente, conseguimos agregar maior eficiência e rapidez na solução de problemasEugênio Rezende, chefe de gabinete da Administração Regional de Águas Claras

“Os caminhões passam e levam colchões, sofás velhos que muitos moradores ainda deixam próximo às residências. É feio e suja demais a cidade”, opina a secretária. “Apesar de a administração programar esse tipo de coleta, tem gente que joga esses objetos em qualquer lugar.”

Calçadas quebradas que estão sendo reformadas no Boulevard Norte também estão no ‘bolo’ dos resíduos recolhidos, que contam ainda com a mão de obra de sete reeducandos do programa Mãos Dadas, da Secretaria de Administração Penitenciária (Seape).

Antes da pintura dos meios-fios, a Avenida Jacarandá está recebendo os serviços de capina e varrição

Capina e varrição na Jacarandá

Na Avenida Jacarandá, a limpeza ficou por conta do SLU. Ali, os serviços de capina e varrição estão sendo feitos antes da pintura dos meios-fios. Já as ruas 13 Sul e 103 foram as primeiras a ter o asfalto consertado. Duas toneladas de massa asfáltica foram empregadas para melhorar as condições das vias. A Avenida Jequitibá e a Quadra 301 também estão na rota e serão atendidas a partir da terça-feira (4).

“Ações como o tapa-buracos e a desobstrução de bueiros, por exemplo, são essenciais, principalmente nesse período chuvoso, quando a situação piora”, aponta o chefe de gabinete da Administração Regional de Águas Claras, Eugênio Rezende. “E com a presença do polo do GDF Presente conseguimos agregar maior eficiência e rapidez na solução de problemas”.

Segundo o coordenador do polo, Rodrigo Caverna, as equipes trabalharão até o próximo sábado na RA e visitarão praças e outros equipamentos públicos para a faxina. “Essa parceria entre os diversos órgãos de governo facilita nosso trabalho: deixar a cidade limpa e aprazível para a população”, pontua.

Galeria de Fotos

Cerca de 40 toneladas de entulhos a menos em Águas Claras