6/1/22 18:55
Atualizado em 6/1/22 às 18:55

Limpeza geral na Feira do Setor O

Os 6 mil metros quadrados foram lavados com ajuda de um caminhão-pipa. Equipes retiraram 56 toneladas de entulhos das ruas da cidade

“A limpeza de equipamentos públicos, como feiras e parques, e a retirada de lixo não são só uma questão de saúde, também oferecem conforto para os frequentadores e para os que trabalham nesses pontos”Fernando Fernandes, administrador de Ceilândia

Bastante conhecida e frequentada pelos moradores de Ceilândia, a Feira do Setor O começou 2022 ganhando uma grande operação de limpeza. O programa GDF Presente passou por lá esta semana e uma equipe de seis trabalhadores lavou corredores e entradas. A ação atendeu a solicitação de cerca de 350 feirantes locais.

Com o auxílio de um caminhão-pipa, a feira ficou limpinha, para alegria da presidente da associação dos feirantes da localidade, Consuelo Ribeiro (72). “Local sujo não dá, o cliente reclama. E temos muitos gatos soltos aqui, fica um cheiro de urina danado. Com a limpeza, já percebi que melhorou bem”, avalia.

A comerciante conta que a Feira do Setor O conta, atualmente, com 330 boxes funcionando, de quarta a domingo. O comércio, próximo à 24ª Delegacia de Polícia, é variado e oferece desde alimentos até eletrônicos e vestuário.

Um caminhão-pipa reforçou o trabalho executado por seis trabalhadores para deixar os corredores da feira limpinhos, atendendo à solicitação dos 350 comerciantes do local | Fotos: Divulgação/GDF Presente

“São cerca de 6 mil metros de área construída. Os frequentadores vão gostar do resultado”, aposta o coordenador do polo, Elton Walcacer. Além do comércio, dez abrigos de ônibus da via P2 Norte foram lavados pelos operários.

Retirada de entulhos e poda de árvores

Ainda em Ceilândia Norte, cerca de 56 toneladas de entulhos e inservíveis foram retirados de duas áreas descampadas: uma delas fica na QNO 6, na lateral da estrada BR-070, e a outra na área especial da QNM 12. Nas ações, além da mão de obra da administração, houve a participação de 15 reeducandos da Secretaria de Administração Penitenciária (Seape).

Já próximo ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), na QNN 15, foi realizada poda de árvores e capina, dando um novo visual à região. Em meio a tantos serviços, o administrador regional de Ceilândia, Fernando Fernandes, lembra que o cuidado é necessário.

“A limpeza de equipamentos públicos, como feiras e parques, e a retirada de lixo não são só uma questão de saúde, também oferecem conforto para os frequentadores e para os que trabalham nesses pontos”, finaliza.

Galeria de Fotos

Limpeza geral na Feira do Setor O